Histologia/caso clinico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4381 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CASO
1°) DDT
* O DDT (sigla de Dicloro-Difenil-Tricloroetano) é o primeiro pesticida moderno tendo sido largamente usado após a Segunda Guerra Mundial para o combate dos mosquitos causadores da malária e do tifo.
O DDT foi sintetizado em 1874, mas apenas em 1939 é que um químico suíço, Paul Hermann Müller , descobriu suas propriedades inseticidas contra vários tipos de artrópodes. Por estadescoberta, o suíço recebeu o prêmio Nobel de medicina, em 1948.
O DDT é sintetizado pela reação entre o cloral e o clorobenzeno, usando-se o ácido sulfúrico como catalizador. O estado químico do DDT, em condições de temperatura (0° a 40°C) é sólido.
O DDT é insolúvel em água mas solúvel em compostos orgânicos como a gordura e o óleo e tem um odor suave.
Trata-se de inseticida barato ealtamente eficiente a curto prazo porém a longo prazo de acordo com a bióloga norte-americana Rachel Carson, que denunciou em seu livro Primavera Silenciosa o DDT causava doenças como o câncer e interferia com a vida animal causando por exemplo o aumento de mortalidade dos pássaros.
Por este e outros estudos o DDT foi banido na década de 1970 de vários países. O DDT tem uma meia vida de vários dias emlagos e rios. O DDT se acumula na cadeia alimentar pois animais são contamidados por ele e depois são ingeridos por seus predadores que absorvem o DDT e predadores que se alimentam de várias presas acabam absorvendo mais DDT.
O acúmulo de DDT na cadeia alimentar causa uma mortalidade maior do que o habitual nos predadores naturais das pragas tornando questionável a utilidade do DDT a longo prazouma vez que pode levar ao descontrole dos insetos.
Como o DDT é facilmente levado pelo ar e pela chuva ele pode ser encontrado em lagos, porém sempre em níveis aceitáveis. Mas como existe o problema de acúmulo de DDT na cadeia alimentar, ao longo do tempo pode-se encontrar uma quantidade maior de DDT em peixes podendo chegar até mesmo ao homem. O DDT tem seu uso controlado pela Convenção deEstocolmo sobre os Poluentes Orgânicos Persistentes e teve sua fabricação, importação, exportação, manutenção em estoque, comercialização e uso, proibidos no Brasil pela Lei nº. 11.936 de 14 de maio de 2009.
http://waldirmadruga.blogspot.com/2010/09/o-que-e-ddt-e-o-homem-pode-ser-afetado.html

* O DDT é um inseticida organoclorado que é biodegradado lentamente: por isso, apresenta efeito cumulativonos ecossistemas. Foi sintetizado por um estudante alemão, em 1874, e foi muito usado na Segunda Guerra Mundial para proteger os soldados contra insetos. A partir daí, tornou-se um inseticida popular.
Em 1948, Paul Müller, que “re-descobriu” o DDT, ganhou o Nobel de Medicina, já que seu produto era capaz de eliminar o mosquito Anopheles, transmissor do parasita da malária. Mas a boa reputação doinseticida durou pouco. Em 1962, Rachel Carson publicou seu livro Silent Spring, que mostrava que o DDT estava contribuindo para a extinção de algumas espécies, como o falcão peregrino e a águia careca.
Esse inseticida possui grande afinidade pelo tecido gorduroso dos animais. A pulverização dessa substância numa lavoura faz com que cada inseto acumule nos seus tecidos uma taxa de DDT maior doque a que existia no corpo de cada vegetal do qual ele se alimentou. Um sapo, por exemplo, ao comer alguns desses insetos, terá uma concentração maior do inseticida que havia no corpo de cada inseto. Uma cobra, ao comer alguns insetos, terá nos seus tecidos uma concentração de DDT maior do que havia em cada sapo. A figura abaixo ilustra uma situação parecida. Os números são os valores deconcentração nos tecidos, em partes por milhão:
 

 
Com isso, temos um acúmulo indesejável de DDT nos gaviões, comedores de cobras, que atuam como consumidores do último nível trófico. Compromete-se, entre outras coisas, a reprodução dos gaviões, já que a substância interfere no metabolismo do cálcio, levando à produção de ovos de casca frágil. Esse fato coloca em risco de extinção muitas espécies de...
tracking img