hist

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
O filme "Guerra de Canudos" inicia em um momento muito crítico do sertão nordestino: fome, seca e miséria. E mais: ainda tinham que ser pagos impostos que eramconsiderados verdadeiros absurdos pela população.
Como não tinham dinheiro para pagar os impostos estabelecidos pelo governo, este lhes tomavam qualquer bem quetinham. Na situação do filme, foramtomadas vacas que inclusive já haviam sido até vendidas.
Com tudo isso, surge a figura de Antônio Conselheiro, como era chamadoo líder da Guerra de Canudos, Antonio Vicente Mendes Maciel,filho de família tradicional da Região. Era comerciante, professor e advogado prático nos sertões eapós ter sido abandonado por sua esposa, passou a vagar pelos sertões nordestinos. Em l893, chegou a Canudos onde se tornou líder do arraial.Acreditava ser umenviado e contar com uma ajudinha de Deus em favor dos oprimidos, e como tal, resolver os problemas sociais dos sertanejos. Para ele, a República, era o anti-Cristo quequeria profanar a Igreja Católica. Pela sua cultura religiosa, acreditava poder acabar com as diferenças sociais e segundo ele, com a violenta cobrança deimpostos por parte do governo, que sufocava ainda mais seus humildes seguidores do arraial de Canudos. Antonio Conselheiro era um homem simples que formou em si, a imagemde um ermitão, com sua túnica branca, sua barba longa e seu cajado em punho tentando enfrentar a República na Guerra de Canudos.Promovia missas e mostrava uma fédiferenciada ao povo. Seus seguidores iam aumentando a medida que ele passava pelas cidades e conquistava pessoas que estavam em busca de uma vida melhor.
tracking img