História e sistemas da psicologia

HISTÓRIA E SISTEMAS DA PSICOLOGIA

Psicologia é a ciência da alma, ou da psique, ou da mente, ou do comportamento. Refere-se, na verdade, a um conjunto de funções que se distinguem em três grandesvias: a via ativa (movimentos, instintos, hábitos, vontade, liberdade, tendências, e inconsciente); a via afetiva (prazer e dor, emoção, sentimento, paixão, amor); e a via intelectiva (sensação,percepção, imaginação, memória, idéias, associação de idéias).

Estas três vias se articulam em grandes sínteses mentais, tais como: atenção, linguagem e pensamento, inteligência, julgamento, raciocínioe personalidade (Meynard, 1958). Estas funções também são conhecidas como, cognitivas, afetivas e conativas. As cognições são as capacidades do intelecto, as afeições são os sentimentos e emoções, e aconação se refere às nossas atividades, que são as respostas expressivas ou comportamentais. A conação como uma expressão de si para o outro traz sempre implicações, sejam boas ou más.

Sabemos quea nossa história de vida caracteriza-se por um longo desenvolvimento físico e mental. Este desenvolvimento pode encontrar, em sua trajetória, fatores favoráveis e desfavoráveis. Ele recebeinfluências dos grupos sociais que nos envolvem em diferentes camadas e de diferentes modos. O desenvolvimento psicológico consiste na formação gradativa de sínteses mentais. Estas sínteses expressam-se no nossomodo de ser e de agir que juntamente com nossas características herdadas constituem a personalidade.

Pode-se dizer, então, que o estudo da psicologia organiza-se: no interesse do conhecimento dasfunções psicológicas básicas em suas três vias; no interesse de saber como estas funções se desenvolvem; no interesse de saber o que é facilitador ou impeditivo deste desenvolvimento (Seriamambientais? Seriam neurofisiológicos? Seriam restritos à área dos afetos? Seriam problemas na formação de hábitos? Seriam existenciais? Seriam comportamentais? Seriam cognitivos? Seriam sócio-econômicos?...
tracking img