História do serviço social na américa latina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA DO SERVIÇO SOCIAL NA AMÉRICA LATINA
Fundamentos da profissão

Nelita Pamplona Baptista
Fabiana Demetrio
Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Serviço Social (SES0017) – Fundamentos e História do Serviço Social
18/12/10

RESUMO

Desde o surgimento do Serviço Social, sua história tem sido alvo de muitos questionamentos, surgindo inúmeras versões a respeito de sualegitimidade. Muitas foram as influências políticas, sociais, religiosas e econômicas, que fizeram com que ocorressem transformações. Com a apresentação deste trabalho, pretendemos contribuir positivamente e de forma clara e objetiva, para a compreensão da complexibilidade desse tema, suas etapas e evolução, que serão aqui analisadas segundo teorias científicas dos sociólogos Ander Egg e Barriex naobra literária de Manoel Manrique Castro, História do Serviço Social na América Latina.


Palavras-chave: Serviço Social. Questionamentos. Influências.

1 INTRODUÇÃO

1.1 ORIGEM DO SERVIÇO SOCIAL NA AMÉRICA LATINA

Muitas são as versões e os textos sobre a origem do serviço social no continente latino-americano, em particular,sobre o começo de seu ensino superior. Os textos mais apreciados e difundidos partem de definições determinadas ou se remetem à idéia de um simples prolongamento do desenvolvimentos que a profissão alcançará na Europa.

1.2 ORIGEM SEGUNDO ANDER EGG:

“…1925 pode ser considerado o “ano de nascimento” do Serviço Social profissional na América Latina, já que marca a criação da primeira escala daespecialidade num país latino-americano…”

1.3 ORIGEM SEGUNDO BARRIEX:

“ Em 1925 começa a funcionar em Santiago do Chile a primeira escala de Serviço Social… fundada pelo Dr. Alejandro Del’Rio. O fato de que a primeira escala de Serviço Social da América Latina tenha sido criada por um médico é de fundamental importância …”
“ Na América Latina, o Serviço Social surge como subprofissão,subordinada à profissão médica…”

2 ETAPAS DO SERVIÇO SOCIAL

Na tentativa de diferenciar etapas, os dois autores distinguem três fases sucessivas: A Assistência Social, o Serviço Social e o Trabalho Social.

2.1 Para Barriex a etapa da Assistência Social caracteriza-se pelo projeto de fazer o bem com o auxílio da técnica, o Serviço Social em troca, seria aquela forma de ação social que enfatiza,antes de mais nada, a prevenção dos desajustes.

2.2 Segundo Ander Egg, a etapa beneficente-assistencial (Assistência Social) não é mais que o exercício técnico da caridade, ao passo que o Serviço Social se comporia fundalmentalmente de…

“…preocupações técnico-científicas, de elevação do estatuto profissional, de psicologização de marco teórico referencial e de tecnicismo pretensamenteneutro e asséptico.”

3 QUESTIONAMENTOS SOBRE O INÍCIO DO SERVIÇO SOCIAL

Diante de tantas citações surgem argumentações, e verdades parciais justapõem e se nega. E questiona-se:

- Em 1925 nasceu a profissão na América Latina ou nasceu o Serviço Social latino-americano?

- Como pôde nascer o Serviço Social latino-americano se este foi, por largos anos, um mero reflexo do Serviço Socialeuropeu e depois, do norte americano? Há fundamento na afirmação segundo a qual a criação de uma escala dá início a uma profissão? Que relação existe entre as fases de dependência européia e norte-americana e as etapas da Assistência Social e do Serviço Social?

A esse respeito, escreve Ander Egg:

“…Ao lado da indiscutível prosperidade que se registra no século XIX e da acumulação crescente deriqueza pela classe possuidora,começam a preocupar algumas consequências que afetam aos despossuídos. A atenção aos pobres e desvalidos, durante a época da expansão capitalista surge principalmente nos ambientes cristãos (protestantes e católicos), implicando que a assistência social que se organiza então se assemelha àquela desenvolvida na Idade Média.”

e argumenta Barriex:

“…Nos fins do...
tracking img