História do jornal

Páginas: 8 (1916 palavras) Publicado: 6 de outubro de 2011
[pic]

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO
CURSO DE PUPLICIDADE E PROPAGANDA
ÁREA DA COMUNICAÇÃO

História do jornal

Bibiana Thones, Luana Borges e Natana Soares

Prof. Cristina Jobim

31 de agosto de 2010, Santa Maria, RS.

Introdução

O objetivo desse trabalho é abordar a evolução da notícia impressa em jornais e suas transformações até os dias atuais. Esse é um meio decomunicação que surgiu a fim de explicitar opiniões da sociedade em relação aos acontecimentos de cada época. Apresentamos aqui um breve histórico desse contexto do jornal no mundo, no Brasil, no Rio Grande do Sul e na cidade de Santa Maria.

Breve história do jornal no mundo

O mais antigo “jornal” conhecido foi o “Acta Diurna” criado por Júlio César em Roma cerca de 60 a.C., continhainformações sobre os mais importantes acontecimentos sociais e políticos gravados em placas brancas e expostos nas principais cidades. Os primeiros jornais impressos surgiram no século XVI através de viajantes que conversavam e contavam histórias nos cafés de Londres em 1609.
Johannes Gutenberg foi o grande revolucionário da impressão com a invenção da prensa de tipografia em 1447, iniciandoassim a era do jornal moderno. Essa máquina possibilitou o livre intercâmbio de idéias e a disseminação do conhecimento. Sua grande obra impressa foi a Bíblia, mas os verdadeiros criadores da imprensa foram os chineses, pois mesmo antes de Gutenberg, as noticias já circulavam. As primeiras publicações jornalísticas foram produtos de países da Europa ocidental, como a Alemanha que publicou o “AvisaRelation oder Zeitung” em 1609, a França com “Gazette” em 1631, a Bélgica com “Nieuwe Tijdingen” em 1616 e a Inglaterra com o “London Gazette” em 1665.

Em Veneza no século XVI, os manuscritos e periódicos custavam uma moeda, ou seja, uma gazeta. Por isso, nasceram as “Gazetas” no histórico do jornal impresso, onde as notícias eram vinculadas ao interesse mercantil (chegada de navios,relato de guerras). Esse tipo de informação começou a circular no Rio de Janeiro em 1808 e deixou de circular em 1822, com a Independência do Brasil. Isso porque as Letteri D`avvisi (informações mercantis) começaram a criar atritos entre nobres e religiosos que se sentiam prejudicados pela exposição pública. 

Com a invenção do telégrafo em 1844 as informações eram transmitidas em questão deminutos, permitindo relatos mais atuais e relevantes. O Iskra (A Centelha) publicado por Lênin em 1900 propagava a revolução e em 1925 foi lançado o “Thanh Nien” no Vietnã, apresentando o marxismo ao país. O Japão ganha seu primeiro jornal em 1871, com o Yokohama Itachi Uhciha Shimbun (Notícias Diárias de Yokohama). Ainda, em 1851 é fundado The New York Times por Henry Raymond e George Jones, oprincipal jornal de Nova York e até hoje um dos mais importantes nos EUA e no mundo.

Cronograma do Jornal no Brasil

1537 – O rei D. João III inaugura a legislação de imprensa em Portugal e suas colônias ao conceder ao cego Baltazar Dias a exclusividade da impressão de suas obras, mas sujeitas à censura, no tocante aos aspectos religiosos.

1808 – Hipólito da Costa funda em Londres, oCorreio Braziliense, era em formato de um livro sem colunas nas páginas, era impresso em Londres e trazido clandestinamente ao Brasil até 1822 quando foi legalizado. Em 10 de setembro começa a circular a Gazeta do Rio de Janeiro, primeiro jornal impresso no Brasil, dirigido por Frei Tibúrcio José da Rocha.

|Correio Braziliense: |Gazeta do Rio de Janeiro:|
|Surgiu em junho de 1808 |Surgiu em setembro de 1808 |
|Era impresso em Londres |Era impresso no Brasil |
|Mensal |Bi-semanário |
|Publicava, em média, cem páginas |Publicava, em média, quatro páginas |...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Historia Do Jornal
  • Jornal Historia
  • Historia do jornal
  • Jornal de história
  • História do jornal
  • A história do jornal
  • Jornal História
  • Historia do Jornal

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!