Hisroria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1129 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Era uma vez uma nuvem pequenina e muito branca que vivia lá no alto, no imenso céu azul. Ela, porém, descontente andava pelo céu triste, emburrada, sem saber o que fazer. Às vezes, cantava tentando espantar a solidão: “Sou nuvem bem branquinha / Lá no céu vou caminhando / De tanto ser uma nuvem / Já estou me enjoando / Não quero mais ser nuvem / Eu estou muito cansada / Já não quero ser maisnuvem / Eu repito bem zangada”. (música Ciranda / Cirandinha).
Personagens
|1. Nuvem triste |5. Avião-nuvem |9. Estrela-nuvem |
|2. Pássaro |6. Pipa |10. Nuvem chorando |
|3. Pássaro-nuvem |7. Pipa-nuvem|11. Flores |
|4. Avião |8. Estrela |12. Árvores |
| | |13. Nuvem feliz |

Ah! a nuvenzinha queria ser oura coisa qualquer. Ela não se achavaimportante. 
Certo dia de sol, a nuvenzinha viu passar perto dela um passarinho de penas coloridas. E disse: Ah! Que lindo passarinho. Eu queria ser um passarinho para voar entre flores e cantar para alegrar a terra. E estica daqui, puxa dali, espichou-se e... Um passarinho-nuvem. Ela foi voando muito feliz atrás do passarinho. De repente, o passarinho foi embora alimentar seus filhotes. Anuvenzinha ficou triste e sozinha. Foi encolhendo até se transformar em nuvem outra vez.
Pouco depois, ouve um barulho de avião. Como ele brilhava à luz do sol! Pensou: Um avião poderoso deve ser bom voar pelo mundo. Eu quero ser avião. Espicha daqui, dali... estica mais um pouquinho. Lá se foi a nuvem-avião atrás de um companheiro. Mas, logo se cansou. Não tinha moto, não podia fazer aquele barulho room,room, rom, umm. Assim não tinha graça. Ficou triste oura vez. Foi murchando, murchando...
Passado algum tempo, a nuvenzinha viu uma pipa com uma rabiola de papel colorido. Suspirou. Ela achou tão lindo. Sonhava em dançar com o vento, brincar com a meninada. Enquanto sonhava, esticava daqui e dali, até se transformar em uma pipa. Ficou pertinho da outra, imitando tudo o que ela fazia. Sua alegrianão durou muito. Estava entardecendo, o menino puxou a pipa, e a nuvem ficou lá no céu. Ela sentiu-se tão sem importância e que não era uma pipa de verdade. Encolheu-se e voltou a ser uma nuvem triste.
A noite foi chegando de mansinho, sua tristeza e solidão aumentando. Estava perdida em seus pensamentos. Ah! Teve outra idéia, quando viu uma estrela piscando: Quem sabe posso ser uma estrela quebrilha todas as noites. Poderia realizar o desejo das crianças, dos namorados, qaundo apontassem fazendo seus pedidos. Talvez, enfeitar o céu. E puxa daqui... e estica dali... ficou linda. A noite calma foi passando, a nuvem-estrela estava alegre. Mas, o sol espreguiçou atrás de um morro, despertou com a sua luz forte, mandando as estrelinhas e a lua para a cama. Iii! As estrelas desaparecem pelamanhã. Eu gosto do sol! E novamente “tristinha” foi diminuindo, encolhendo...
A nuvenzinha cansada, triste, começou a chorar, a soluçar, estava em prantos. Sua lágrima pareciam pingos de prata. E o vento, tentando acalmá-la, soprava suas lágrimas, carregandoas para as terras secas dos jardins, das matas, das lavouras, quase mortos, lá embaixo. Ela não entendia bem dessas coisas, suas lágrimasfizeram brotar todas as plantas. Ela descobriu o que é ser nuvem. E, pela primeira vez, sorriu feliz e cantava:
Sou uma nuvem bem branquinha! Lá no céu vou caminhando.
Vou regando e florescendo! Com a chuva bem fresquinha.
Eu agora estou contente / Eu não vou mais reclamar! Pois eu sou muito importante! Porque eu posso ajudar.
(Adaptação: conto popular)

A NUVEM TRISTE
Era uma vez uma nuvem...
tracking img