Hipotireoidismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1822 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Hipotireiodismo
1)Definição hipotireioidismo
O hipotireoidismo, também conhecido como insuficiência tireoidiana ou mixedema é uma doença metabólica que se caracteriza por uma produção insuficiente de hormônios tireoidianos.
Estes hormônios produzidos pela glândula tireóide têm um papel metabólico essencial no organismo, portanto, uma redução da produçãodestes pode desencadear diversos sintomas por todo o corpo.

As mulheres são mais afetadas por esta doença, estima-se que há 4-5 vezes mais mulheres do que homens com hipotireoidismo (algumas fontes falam de até 10 mulheres para um homem).
6% da população mundial sofrem algum grau de hipotireoidismo.

É definido como um conjunto de sinais e sintomas resultante da deficiente produção ou açãodos hormônios  tireiodianos, com consequente lentificação generalizada dos processos metabólicos, ou seja, as reações celulares ocorrem  de maneira lenta, levando a diminuição do funcionamento do nosso organismo como um todo.
A incidência de hipotireoidismo é  relativamente comum,  sendo mais prevalente nas mulheres ( 2% ) do que nos homens (0,2%). Nas pessoas acima  de 65 anos a prevalênciachega a ser 6% nas mulheres e 2% nos homens,  já o hipotireiodismo congênito é diagnosticado em 1 a cada 4.000 recém-nascidos.
Fatores que aumentam o risco para o desenvolvimento do hipotireiodismo:
* Idade acima de 60 anos
* Ser do sexo feminino
* Doença nodular da tireóide
* Historia familiar de doença da tireóide
* História de radioterapia na região de cabeça e pescoço
*Doença auto-imune tireoidiana e extratireiodiana
* Uso de alguns medicamentos (exemplo: contendo  lítio ou amiodarona )
* Tabagismo
* Deficiência de iodo
2)Sinais e sintomas:
O hipotireoidismo ocorre quando a tireóide produz uma quantidade de hormônio abaixo dos níveis considerados normais.Pesquisas revelam que cerca de 5 milhões de brasileiros tem hipotireoidismo, a grande maioria ainda não diagnosticada. Tanto homens quanto mulheres podem desenvolver hipotireoidismo. Entretanto, a incidência é quatro vezes maior nas mulheres e aumenta com a idade, principalmente após os 35 anos. Sinais e sintomas do hipotireoidismo Como o hormônio da tireóide afeta praticamente todas as célulasdo corpo, a pessoa com hipotireoidismo pode apresentar uma grande variedade de queixas: • Cansaço; • Depressão; • Pele ressecada; • Cabelos ressecados; • Unhas quebradiças; • Constipação intestinal (prisão de ventre); • Anemia; • Fadiga; • Perda de apetite; • Aumento de peso; • Menstruação irregular ou ausente; • Tornozelos e rosto inchados;



• Colesterol elevado. Tratamento: É indispensáveltratar o hipotiroidismo, pois a falta de tratamento pode ocasionar sérios danos para a saúde. Os riscos da falta de tratamento diferem de pessoa para pessoa. Nos recém-nascidos (hipotireoidismo congênito), o tratamento imediato é fundamental para prevenir o retardo mental, atraso no crescimento e outras anormalidades importantes. Esta é a razão pela qual todos os recém-nascidos devem sersubmetidos ao “Teste do Pezinho”. Crianças e adolescentes com hipotireoidismo podem ter seu desenvolvimento mental e físico seriamente comprometidos se não forem prontamente tratados. Nos adultos, as conseqüências do não tratamento do hipotireoidismo podem provocar considerável desconforto ou incapacidade. Se o hipotireoidismo for acentuado, o não tratamento pode resultar em alterações mentais e cardíacasde maior gravidade. Como a maioria dos casos de hipotireoidismo resulta de danos irreversíveis da glândula tireóide, não existe tratamento que proporcione cura definitiva. A reposição hormonal é o tratamento de escolha do hipotireoidismo e visa repor o hormônio que a tiróide doente não consegue produzir. O hormônio sintético da tireóide usado no tratamento é chamado de levotiroxina sódica....
tracking img