Hipotireoididmo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2977 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO.
O hipotireoidismo é uma doença multisistêmica comum em cães, principalmente os de meia idade (4 a 10 anos) e desenvolvendo mais cedo em raças predispostas como golden retriever, doberman, pinscher, setter irlandês, boxer, schnauzer, Cocker spaniel e poodle. Em cães adultos ocorre uma diminuição do metabolismo celular, interagindo com as atividades e o estado mental dos cães. Nãoapresenta predisposição sexual, sendo incomum em gatos (CHASTAIN, 1997, 1999).
A disfunção na glândula tireoide, em equinos, é uma anormalidade endócrina incomum e pouco compreendida, que tem sido associada a várias desordens clínicas (STANLEY e HILLIDGE, 1982; MESSER, 1997), levando o nome de hipotireoidismo iatrogênico. O hipotireoidismo ocorre quando a glândula tireoide deixa de produzir aquantidade necessária de hormônios tireoidianos (T3 e T4), que são necessários para a manutenção da normalidade das funções metabólicas do organismo (NELSON, 2002, PETERSON, 1998). Segundo a etiologia, pode ser classificado como hipotireoidismo primário quando a glândula da tireoide é destruída devido à tireoide linfocitica, atrofia glândulaiodopática e ou outras causas; ou hipotireoidismo secundáriopela deficiência de TSH devido a um tumor pituitário ou bolsa cística; ou ainda hipotireoidismo terciário quando há uma produção ou secreção insuficiente do TRH ou devida uma neoplasia sendo a minoria dos casos, apenas 5% (GRAVES, 1998, IHLE, 1997)
Uma série de sinais gerados pelo hipotireoidismo pode ser confundida com outras doenças. Ocorrem sinais dermatológicos, comportamentais, nervoso emuscular, cardiovascular, reprodutivo e oftalmológico. Para fechar o diagnóstico verifica-se a concentração total de hormônio da tireóide (T3 e T4), quase sempre T4 estará diminuído; a concentração sérica de TSH estará aumentada na maioria dos casos de hipotireoidismo primário; e concentração de tiroxina livre que é o método mais confiável (WHITE, 1997, WOLFSHEIMER, 1996) .
O Hormônio tireóideo temfunção essencialmente catabolica, relacionado com as reações de consumo do O² e a regulação da velocidade das reações metabólicas. Age fundamentalmente como desacoplador das cadeias respiratórias nas membranas mitocondriais (FERREIRA, JARROUGE, MARTIN, 2010).
É necessária uma reposição hormonal como tratamento para o hipotireoidismo, normalizando as concentrações séricas de T3 e T4, onde aresposta poderá ser avaliada em cerca de duas semanas,
Neste trabalho vamos explorar as alterações consideráveis que esta doença apresenta em exames laboratoriais, desde exames de rotina como o hemograma, como exames específicos para avaliar a função tireoidiana, como o T4 total, T4 livre e o TSH.

ESQUEMA PROPOSTO PARA DIAGNÓTICO DE HIPOTIREOIDISMO.

Dosar o T4 livre (FT4) ou determinar o índice deTiroxina Livre (ITL) juntamente com a dosagem do TSH Sensível, TSH Ultrassensível, TSH de 2ª, 3ª ou 4ª geração.
Com os resultados obtidos, seguir o esquema abaixo:
ESQUEMA
1. FT4 normal 1. FT4 baixo 1. FT4 baixo
2. TSHs normal 2. TSHs alto 2. TSHs normal ou baixoEUTIREOIDEO HIPOTIREOIDISMO 1º HIPOTIDEROIDISMO 2º

Fazer teste do TRH

Resposta Excessiva Resposta Normal Não há RespostaHIPOTIREODISMO 1º LESÃO HIPOTALÂMICA LESÃO HIPOFISÁRIA
O Hipotireoidismo resulta da falta ou de uma ação diminuída dos hormônios tireoidianos sobre os tecidos, ocorre quando a quantidade do hormônio tireoidiano nos tecidos periféricos é insuficiente para as necessidades metabólicas normais.
É mais comumente causado pela glândula da tireoide (Hipotireoidismo Primário) e muito...
tracking img