Hipotermia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (442 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de janeiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HIPOTERMIA
DEFINIÇÃO  Definições variam, mas consideram geralmente como uma diminuição da temperatura corporal abaixo de 35°C (95°F). Pode ser leve (32 a 35°C), moderada (27 a 32°C),grave (20 a 27°C) ou profunda (< 20°C).
HIPOTERMIA
CAUSAS TÕXICAS  Álcoois Opióides Sedativos Alfa-bloqueadores Agentes hipoglicemiantes Nafazolina Fenotiazínicos  CAUSAS NÃOTÓXICAS  Ambientais Lesão de sistema nervoso Sepsis
HIPOTERMIA
MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS  Sinais e sintomas dependem do grau de hipotermia. Depressão progressiva de SNC é observada com adiminuição da temperatura corporal. O diagnóstico é feito através da medida de temperatura corporal abaixo de 35°C (utilizando termÔmetro para baixas temperaturas ou sensor térmico).Letargia geralmente ocorre com temperaturas abaixo de 32°C, e ausência de resposta aos estímulos
HIPOTERMIA
verbais em temperaturas abaixo de 27°C. Na hipotermia leve para moderada, taquicardia,hiperventilação e tremores são observados. Mas com temperaturas abaixo de 27°C, estas respostas termorregulatórias
HIPOTERMIA
são perdidas, os tremores cessam e progressiva bradicardia ehipoventilação são observadas. Na hipotermia profunda (abaixo de 20°C), o paciente pode parecer aparentemente morto. Na hipotermia grave, o miocárdio é mais sensível e predisposto à fibrilação.Gasometria arterial é de difícil interpretação, mesmo quando corrigida
HIPOTERMIA
pela temperatura. São também observadas anormalidades de ECG ( depressão da condução miocárdica, ondas deOsborne, alteraçoes de segmento ST e onda T), bradicardia, hipotensão e hipovolemia relativa.
HIPOTERMIA
INVESTIGAÇÕES RELEVANTES  Eletrocardiograma Gasometria arterial Eletrólitosséricos, creatinina sérica, uréia sérica, glicemia, atividade da creatina fosfoquinase (CPK) e provas de função hepática. Raio X de tórax Investigação toxicológica
HIPOTERMIA
Tratamento...
tracking img