Hipertexto: o jogo com as linguagens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1160 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNESP-UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO “TEORIAS LINGUÌSTICAS E ENSINO”


Hipertexto: o jogo com as linguagens
Nilza Maria de Moraes Dário


Em seu artigo: “A Dança das linguagens na web: critérios para a definição de hipertexto”, Antonio Carlos Xavier busca apresentar e discutir parâmetros para definir hipertexto como tecnologia enunciativa fundamental peloqual passam as diversas linguagens humanas e alertar para as implicações cognitivas, sociais e pedagógicas do modo de enunciação digital que emerge do hipertexto.
Para debater alguns equívocos o autor apresenta que a construção de sentido se dá considerando fatores como o tempo, o lugar, a produção e interpretação do dito. Cita que para Wittgenstein (1953) a linguagem tem a capacidade demudar de sentido conforme o uso que dela se fizer, por isso seu funcionamento é comparado ao dos jogos, pela existência de regras que guiam ambas as atividades, e que diante dessa heterogeneidade lingüística o “jogo de linguagens” é ampliado para o “jogo com as linguagens”. Sendo que o hipertexto joga com toda riqueza da linguagem verbal e ao mesmo tempo agrega a capacidade sígnica das outraslinguagens paralelamente, deve ser visto pela flexibilidade das linguagens em geral para a produção de sentidos, e seu funcionamento integrador de diversas semioses que nele convergem. De fato, a tendência é que se formem leitores mais autônomos e protagonistas dos próprios recursos. Na arquitetura organizacional do hipertexto multiplicam-se as possibilidades de significação, pois permite jogar com aslinguagens para produzir e acessar as informações na tela do computador.
O trabalho propõe o hipertexto como uma tecnologia enunciativa em que não apenas a linguagem verbal possui sentido, mas também o sonora. Cabe ao usuário jogar com as linguagens para delas extrair significação. Isso indica que a leitura, na navegação hipertextual, torna-se polifônica: muitas vozes, olhares einterpretações possíveis.
Só a partir da criação dos protocolos de marcação e transferência de dados, os programas de navegação permitiram a potencialidade comunicativa e interacional da rede, e geraram a possibilidade de unir as 3 principais formas de expressão: a verbal, a visual e a sonora, tornando possível na tela do computador, acesso a não só textos verbais, mas também à imagens estáticas e dinâmicas,e ouvir a sonoridade ancorada em uma “página digital”, tudo simultaneamente. Essa simultaneidade trazida pelas novas tecnologias exige mudanças, inclusive nos currículos escolares que são seriados e lineares. Os jovens leitores necessitam utilizar novas informações, idéias para a criação e autoria, distanciadas do modelo linear e fechado que persiste.
O termo hipertexto foi criado buscandoexprimir a superdimensão de lócus onde textos poderiam ser reunidos e lidos por quaisquer pessoas. O sistema baseado em hipertexto permitiu ao usuário acessar todos os elementos semióticos de modo não-linear e colaborativo. Isso quer dizer que essa tecnologia possibilita a expressão do pensamento e a transmissão de informação, mas o mais importante é a interação criadora que contempla a complexidade ea multiplicidade de visões, numa construção coletiva do conhecimento pela troca de saberes, competências e de conhecimento.
Para a definição de hipertexto considerou-se os aspectos técnico-informativo e enunciativo. No primeiro o hipertexto é produto da combinação de programas computacionais que obedecem a uma lógica procedural, que dispõe textos, imagens estáticas e dinâmicas e sonssimultaneamente. De um lado, a capacidade e funcionalidade de um sistema organizador e por outro um sistema que interliga idéias articuladamente, através de links. Do ponto de vista enunciativo, o hipertexto permite a fusão de várias linguagens no mesmo espaço de percepção visual e sonora, viabiliza o surgimento do modo de enunciação digital, uma nova forma de produzir, acessar e interpretar informações....
tracking img