Higiene oral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2266 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
* HIGIENE ORAL

(Em pacientes impossibilitados de cuidar de si.)

A higiene oral consiste na limpeza dos dentes, gengivas, bochechas, língua e lábios. Condições patológicas que predispõem a irritação e a lesão da mucosa oral: (estado de coma, hipertensa)

Material

Solução antisséptica - solução bicarbonatada (para cada 1 colher de chá, 500 ml de água);
Espátula envoltas em gazes;Lubrificante (vaselina liquida);
Toalha;
Copo para colocar solução anti-séptica;
Luvas;
Cuba-rim.

Técnica

Lavar as mãos;
Explicar ao paciente o que ser feito;
Calcar luvas;
Reunir o material na mesa de cabeceira;
Colocar o paciente em posição confortável, com a cabeceira elevada. Em pacientes inconscientes, colocá-los em decúbito lateral;
Colocar a toalha na parte superiordo tórax e pescoço do paciente, com forro plástico, se necessário;
Proceder a limpeza de toda a boca do paciente usando as espátula envoltas em gazes, embebidas em solução antisséptica diluído em água;
Utilizar cuba-rim para o paciente "bochechar";
Limpar a língua,
Enxugar os lábios com a toalha;
Lubrificar os lábios com vaselina liquida, para evitar rachaduras;
Retirar luvas;
Lavaras mãos;
Recompor a unidade;
Anotar no prontuário o que foi feito e anormalidades detectadas.

OBS: Em pacientes neurológicos com lesão cervical, usar a espátula com gaze, para retirar o excesso de liquido da solução antisséptica, sem mobilizar a cabeça.

* HIGIENE ORAL

(em paciente entubado)

Material

Solução antisséptica - solução bicarbonatada,
Espátula envoltas em gazes,Lubrificante (vaselina liquida),
Copo para colocar solução antisséptica,
Seringa de 20 ml,
Aspirador montado,
Cânula de Guedel (estéril), se necessário,
Toalha,
Luvas.

Técnica

Lavar as mãos;
Explicar ao paciente o que ser feito;
Calcar luvas;
Reunir o material na mesa de cabeceira;
Colocar o paciente em posição confortável, com a cabeceira elevada ou em decúbitolateral se estiver inconsciente. Caso o paciente esteja com sonda nasogastrica, abri-la, para evitar náuseas e refluxo do conteúdo gástrico para a boca;
Colocar a toalha na parte superior do tórax e pescoço do paciente, com forro plástico, se necessário;
Verificar se o cuff da cânula endotraqueal esta insuflado, para evitar que a solução antisséptica ou salivação penetre na traqueia, durante ahigienização;
Instilar água com auxilio da seringa, pelo orifício da cânula de guedel, e fazer aspiração ao mesmo tempo;
Retirar à cânula de guedel e lavá-la em agua corrente na pia do quarto e recoloca-la, ou proceder a ·sua troca por outra estéril, caso, seja necessário ou que conforme rotina, já tenha dado 24 horas apos
a sua colocação;
Proceder a limpeza de toda a boca do paciente, usandoas espátula envoltas em gazes embebidas em solução antisséptica. Limpar o palato superior e toda a arcada dentaria;
Limpar a também a língua;
Enxugar os lábios com a toalha e lubrificá-los com vaselina;
Retirar luvas;
Lavar as mãos;
Recompor a unidade;
Anotar no prontuário o que foi feito e anormalidades detectadas.

OBS: A troca do cadarço da cânula endotraqueal deve ser feita peloTécnico/Auxiliar a cada 12 horas, ou quando se fizer necessário, acompanhada do reposicionamento da cânula endotraqueal, que dever ser feito pela Enfermeira da unidade. A higiene oral do paciente entubado deve ser feita 01 vez a cada plantão.

* HIGIENE DE PRÓTESE DENTARIA

Material

Copo com solução antisséptica bucal,
Escova de dente,
Pasta dental ou sabão liquido,
Cuba-rim,01 par de luvas,
Toalhas de papel,
Toalhas de Banho,
Biombos,

Técnica

Lavar as mãos;
Explicar ao paciente o que vai fazer;
Reunir o material na bandeja e colocar sobre a mesa de cabeceira do paciente;
Proteger o leito com biombo;
Colocar toalha sobre o tórax do paciente;
Colocar o paciente em Fowler ou sentado quando for permitido;
Calcar as luvas;
Pedir ao paciente...
tracking img