Hidrogenio celulas a combustivel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4324 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Incentivos dados pelo governo

O IPHE

(International Partnership for the Hydrogen Economy)

Sob o comando do Ministério de Minas e Energia (MME) foi elaborado, com a colaboração de muitos especialistas da área, um documento preliminar, que deve nortear as ações do governo brasileiro para a entrada do Brasil na “Economia do Hidrogênio” e se intitula “Roteiro para Estruturação da Economia doHidrogênio no Brasil”, disponível em /HTTP 1/.

Os tópicos mais relevantes deste documento são:

(a) No ano de 2020 o hidrogênio fará parte da matriz energética do país;

(b) O etanol foi escolhido como a fonte principal de hidrogênio. Considera-se também a sua utilização direta (oxidação direta em células a combustível);

(c) A produção de hidrogênio via eletrólise da água é considerada,utilizando-se eletricidade secundária de usinas hidroelétricas;

(d) Outras biomassas, além da cana de açúcar, devem ser utilizadas para a produção de hidrogênio, incluindo-se o biogás;

(e) A utilização de gás natural como fonte de hidrogênio deve fazer a transição para um futuro com apenas green hydrogen;

(f) As aplicações deste energético incluem, na ordem de importância: a geraçãodistribuída de energia; a produção de energia em regiões isoladas e os ônibus urbanos.

O Programa Brasileiro de Célula a Combustível e Hidrogênio

O Programa Brasileiro de Hidrogênio e Sistemas Células a Combustível (inicialmente denominado PROCAC) foi elaborado em 2002 pelo MCT, com a participação de universidades, centros de pesquisa e empresas brasileiras com o objetivo de promover açõesintegradas e cooperadas, que viabilizem o desenvolvimento nacional da tecnologia de hidrogênio e de sistemas célula a combustível, habilitando o país a se tornar um produtor internacionalmente competitivo nesta área. Com ele, pretende-se ainda apoiar o estabelecimento de indústria nacional para produção e fornecimento de sistemas energéticos com células a combustível. Entre os vários desafiosidentificados, além do desenvolvimento da tecnologia das células, estão a produção, o armazenamento e a distribuição do hidrogênio, a capacitação de recursos humanos, regulação quanto à segurança e padronização e necessidade de parcerias entre instituições do governo, setor industrial, setor de serviços, ONGs, etc. Em 2005 o PROCAC passou a ter nova denominação, passando a se chamar Programa de Ciência,Tecnologia e Inovação para a Economia do Hidrogênio, com a sigla PROH2.

O programa é estruturado por meio da formação de redes de pesquisa e desenvolvimento abrangendo todo o território nacional. Nesse sentido, o programa garante o uso mais racional dos recursos investidos e antecipa o alcance dos objetivos.

As principais premissas do PROH2 são:

(a) desenvolver ações integradas ecooperadas, que viabilizem a criação de uma tecnologia nacional em sistemas energéticos baseados em células a combustível, visando produção de energia elétrica de maneira mais limpa e eficiente. Inclui as áreas: eletroquímica e catalisadores, materiais de células a combustível, células a combustível tipo PEM, células a combustível tipo SOFC, reforma de etanol, reforma de gás natural, sistemas ligados acélulas a combustível, etc;

(b) criar as condições para o estabelecimento de uma indústria nacional para a produção de sistemas energéticos baseados em células a combustível que inclua produtores de células, integradores de sistema e fornecedores de serviço, habilitando o país a se tornar internacionalmente competitivo nessa área tecnológica;

(c) incentivar a instalação de sistemas energéticosbaseados em células a combustível;

(d) estabelecer condições para que as instituições participantes colaborem ativamente entre si nos diversos aspectos envolvidos nas áreas de pesquisa, desenvolvimento e aplicação dessa tecnologia;

(e) atuar com eficiência na transferência de tecnologia das universidades e centros de pesquisa para as empresas, com o intuito de aumentar a competitividade da...
tracking img