Heteronormatividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2590 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANO LECTIVO:2012/2013
CADEIRA: Psicologia da cultura e formação Humana
1º Semestre do 1º Ciclo de Psicologia
Docente Professora Dra. Maria Franco

Comportamentos sexuais

Género-Orientação- sexualidade-heteronormatividade-diversidade.

Discente: Mamlio Martinez


Docentes: Professora Dra. Maria Franco
Professor Dr. Joaquim Pinheiro1.-INTRODUÇÃO

Num contexto mundial, embora tenha apresentado mudanças positivas nas últimas décadas, está atualmente marcado por significantes problemáticas com alguns conceitos de sempre e direitos fundamentais, muitos dos quais contraposta aos princípios básicos da liberdade, da igualdade e da dignidade humana.
No último seculo, passamos uma terrível fase negra onde ficou suspenso o sonho de muitos, deserem pessoas livres convivendo em harmonia em democracias políticas num tom comum.
Os movimentos libertários de todos estes tempos, trouxeram-nos muito desenvolvimento social. Ganhamos com eles e por eles os direitos civis da mulher, a exigência da virgindade da mulher tabu, social na década de 1950, simplesmente deixou de existir. Os vínculos do casal que por muitos tempos foram vitalíciosdeixaram de ter esse peso dando a liberdade do desejo de cada um permanecer no vínculo se assim quiserem. A mulher separada deixou de ser uma mulher suspeita.
O movimentos dos homossexuais por direito social reivindicaram, antes de mais nada, o respeito social como homens e mulheres cuja orientação sexual os vinha transformando em párias aos olhos dos demais. Como tal poderiam e podem ser objetos deridicularização, pois, ao se sentirem humilhados, experimentavam a humilhação da sua condição natural, durante muito tempo foram e são mesmo criminalizados e em estados comunistas e teocráticos, presos e assassinados.
Por aí vão surgindo ideias modernistas de que tudo é mais simples do que parece, onde é evidente que existem fissuras que a ciência e a física desde as primeiras décadas tem-nosalertado “as coisas são mais complicadas do que se pensava, bem menos controláveis e previsíveis, bem menos homogéneas e menos comportadas”
A ideia deste trabalho é de contribuir de alguma forma no campo do conhecimento básico da sexualidade humana com conceitos e a suas articulações com a história, sexo, género e orientação sexual.
Será desenvolvido nesta matéria uma breve exposição com o fim deorganizar de uma forma objetiva diferentes conceções académicas sobre este polemico tema, orientando de uma forma simples futuras pesquisas dando dados úteis para comparação e para ajudar a esclarecer algumas duvidas básicas como por exemplo: a origem de categorias como heterossexualidade, homossexualidade, qual é a relação que existe entre um e outro, onde entra o termo Heteronormatividade sendo aheterossexualidade considerada como única orientação sexual normal.

Palavras chaves: heteronormatividade -sexualidade- género, orientação sexual-diversidade.

INDICE

1.- INTRODUÇÃO.

2.-TEORIA DO GENERO.

2.1- SEXO VS GÉNERO.

2.2.- CONCEITO DO GÉNERO:
- PERSPECTIVA PSICOLÓGICA E ANTROPOLÓGICA.
-PERSPECTIVA HISTÓRICA ESOCIOLÓGICA.

3.-HETERONORMATIVIDADE:

3.1- CONCEITO.

3.2.-ORIGEM DO TERMO.

4.- HETEROSEXUALIDADE VS HOMOSEXUALIDADE.

5.- LOGICA DA TERMINOLOGIA “HOMO “ VS “HETERO”

6.- LINGUAGEM: O USO DE TERMINOLOGIAS COMO MECANISMO DISCRIMINATORIO.

7.- CONSIDERAÇÕES FINAIS: CONTRUINDO UM NOVO CONCEITO.

…………………………………………

2.- TEORIA DO GENERO.-

A teoria do género, esta baseada nas basesculturais da humanidade nos patrões sociais estabelecidos, tanto para o homem como para a mulher, de uma forma genérica em todas as sociedades, culturas é minorias, sem fazer distinção nenhuma. Com uma expansão da dualidade diferenciada por la correspondência a um sexo, estabelece um género e mostra um modelo social no que se aplica a discriminação por razões do sexo a traves das diferencias...
tracking img