Hermeneutica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 48 (11940 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Espírito Santo e a Hermenêutica
de Daniel B. Wallace, Th.M, Ph.D.
Professor Adjunto de Estudos do Novo Testamento
Seminário Teológico de Dallas
wallace@bible.org
Prefácio
Este curto artigo é uma tentativa preliminar na articulação do papel do Espírito Santo em relação à interpretação das Escrituras. Críticas e interações são bem-vindas. Deve-se lembrar, contudo, que estou dirigindo-meaos evangélicos. Aqueles com um padrão teológico diferente irão, tenho certeza, achar tantas críticas neste artigo, que eles não saberão por onde começar!
Introdução
A relação do Espírito Santo com a hermenêutica é uma questão polêmica entre os evangélicos hoje. A nível popular, sempre houve um grande mal-entendido sobre o papel do Espírito. Muitos cristãos acreditam que se eles simplesmenteorarem, o Espírito Santo lhes dará a interpretação apropriada. Outros não estão tão preocupados com a interpretação do texto; eles se contentam em ter um significado idiossincrático do texto (“o que este versículo significa para mim...”). Tudo isto é a doutrina do ‘sacerdócio de todos os santos’ correndo à solta indiscriminadamente. Embora cada um de nós seja responsável diante de Deus peloentendimento e aplicação da mensagem bíblica, isto de modo algum significa que uma mistura de ignorância compartilhada ou uma mera aproximação piedosa às Escrituras satisfaça o mandato divino.
Surpreendentemente, há também uma crescente, e grande lacuna entre estudiosos conservadores. James De Young, por exemplo, recentemente disse que “quando se trata dos métodos eruditos de interpretação da Bíblia, oEspírito Santo pode até estar morto.”[1] Por que há tal polaridade? Há pelo menos quatro razões: (1) por causa da guinada em direção ao pós-modernismo (e assim, saindo do racionalismo e da lógica para a experiência como norma de interpretação), (2) por causa da falta de desejo em fazer-se estudos sérios, como David F. Wells assim expressou, (3) porque o pensamento evangélico de fato tem sealimentado demasiadamente no racionalismo, (4) porque o movimento evangélico está se deslocando em direção ao pós-conservadorismo, no qual a tolerância, ao invés de convicção, é o posicionamento adequado em muitas questões.
Algumas Questões Chaves
1. Qualquer ponto de vista evangélico do papel do Espírito Santo quanto a interpretação deve ser baseado no texto. O argumento fundamental sobre estaquestão deve encarar as principais passagens. 

2. Muitos comentários não-evangélicos (até não-cristãos) estão entre os melhores comentários disponíveis em termos de lucidez, discernimento, e entendimento do texto bíblico. Por outro lado, muitos comentários evangélicos estão entre os piores disponíveis. Qualquer ponto de vista sobre a relação do Espírito Santo com a hermenêutica deve encarar comhonestidade esta situação. O ponto para nós é este: entendimento pode ocorrer até mesmo entre os incrédulos. 

3. É importante articular nossa posição de tal forma que reconheçamos o status revelador exclusivo das Escrituras. Isto é, não devemos dizer que o Espírito acrescenta mais revelação à Palavra escrita. Isto negaria a suficiência das Escrituras. Além do mais, esta posição dá umainterpretação não-falsificável, porque então a revelação acrescida do Espírito é accessível a mim apenas através de você. Finalmente, esta posição se aproxima perigosamente da posição neo-ortodoxa de Barth, de que a Bíblia se torna a Palavra de Deus na experiência do indivíduo. Podemos facilmente notar como, em tal cenário, a Bíblia pode ser empregada como diz o ditado “casa de mãe Joana,” ou seja, ela poderiasignificar qualquer coisa nas mãos daquele que a está manipulando.
Algumas Passagens Chaves
Uma passagem chave em uma interpretação teológica é conhecida como uma crux interpretum. Tal texto é um eixo, no qual o ponto de vista do indivíduo vai se apoiar. Entre os textos mor da cruces hermenêutica, há duas passagens: 1 Cor 2:12-14 e 1 João 2:20, 27. Eu não darei o tempo devido para tratar...
tracking img