Hermeneutica de gadamer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3194 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HERMENÊUTICA FILOSÓFICA[1]

* por Marcelo Ribeiro Uchôa e
Pedro Saboya Martins

01. Historiografia do conceito de Hermenêutica

O termo hermenêutica deriva do verbo grego hermeneuein e do substantivo hermeneia, que significam, em sua extensão semântica, algo que “é tornado compreensível”, “levado à compreensão”. Muitos autores correlacionam o termo ao deus grego Hermes, o mensageiro dosdeuses - a quem se atribui a origem da linguagem e da escrita -, que tinha o dom de permitir às divindades falarem entre si e também aos homens. De uma forma ou de outra, fato é que o termo está diretamente associado à idéia de compreensão de algo antes ininteligível.


Inexistiu ciência autônoma hábil a desenvolver métodos que levassem à correta interpretação, até o século XVII. Nesteperíodo, embates havidos entre católicos e protestantes remontados à reforma religiosa conscientizaram a necessidade de se desenvolver uma ciência capaz de interpretar com maior verdade possível. Vale citar que tal necessidade se viu inadiável a partir da divulgação do princípio scriptura sola, mediante o qual Lutero afirma que a Bíblia deve ser interpretada por si só, contrariando a Igreja Católica quese dizia a única capaz de interpretar a Escritura. Com efeito, em primeiro momento, a Hermenêutica passou a servir de auxiliar da Teologia.


O Iluminismo concedeu outras atribuições à Hermenêutica. A apologia à universalidade da razão e a crença no método científico, levaram-na a ser exportada para outros campos científicos (p.ex., Filologia e Direito), mas ainda como ciência auxiliar.SCHLEIERMACHER[2], no início do século XIX, deu a Hermenêutica outra importância. Avaliou, a partir da distinção entre os contextos em que a mesma se daria e os métodos científicos que proporcionariam direção objetiva ao entendimento, que seu uso era aplicável não apenas a campos setorizados do conhecimento científico, mas a todos os domínios em que se fizesse necessária umacompreensibilidade através da palavra. Não por acaso é considerado o “pai da Hermenêutica moderna”. Vale anotar que para SCHLEIERMACHER a Hermenêutica pouco visava o saber teórico, e muito mais o uso prático, reduzindo-se, pois, à técnica da boa interpretação de um texto falado ou escrito. Apregoando a existência de uma interrelação entre parte e todo, numa clara alusão ao que desde os tempos antigos sedenominava círculo hermenêutico, ensinava que o conhecimento anterior da obra era fundamental à compreensão de suas partes, assim como a compreensão adequada das partes resultaria numa boa interpretação do todo.


Fincado na diferenciação entre ciências naturais e ciências do espírito (humanas) - cuja divergência principal focava-se nos objetos em estudo: das primeiras, os fenômenos externos aohomem; das segundas, as relações entre os indivíduos -, DILTHEY[3] sugere que a Hermenêutica é o alicerce de sustentação epistemológica das ciências do espírito. Ainda que limitadamente às humanidades, DILTHEY teve o mérito de assentar a Hermenêutica dentro do mundo histórico, divergindo daqueles que achavam ser possível importar métodos das ciências naturais (à época, considerados explicativos,descritivos) para interpretar fenômenos vivenciais.


HEIDEGGER[4] inova completamente os estudos sobre a Hermenêutica quando afirma que as coisas correntes no mundo não são compreensíveis a partir da apropriação intelectiva do homem via dicotomia sujeito/objeto, mas a partir da perspectiva de que são fenômenos que, independentemente do subjetivo humano, possuem a potencialidade de se apresentarcomo são. Ou seja, antes de ser uma propriedade, a Hermenêutica é um modo de existência, algo anterior e mais profundo do que a atividade interpretativa. Com o giro fenomenológico e/ou ontológico, a Hermenêutica passa a ser compreendida, pois, como fenomenologia da existência, em outras palavras, a análise das possibilidades que o ser tem de existir e de se manifestar através das alternativas...
tracking img