Hereditariedade biblica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1440 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice

Pag.
Introdução -------------------------------------------------------- 2
Desenvolvimento ------------------------------------------------ 3 á 5
Angola pretende vencer o analfabetismo até 2025
Como erradicar
Causas

Conclusão-------------------------------------------------------- 6
Bibliografia ------------------------------------------------------ 7
































Introdução


Durante este trabalho vamos falar sobre “ O Analfabetismo “e começamos por definir o mesmo

A educação senhores é a pedra basilar de desenvolvimento de qualquer nação, através do qual o presente é edificado e o futuro é garantido, éacima de tudo, através dela, numa sociedade democrática emergente que vivemos, que criamos as condições para formação de um povo consciente de seus deveres, direitos e obrigações, pois somente projectando bons educando e educadores visualizaremos perspectivas e horizontes positivos e benéficos num amanha vindouro, ate porque não é por acaso que se costuma dizer "" o futuro de uma mora numa boaeducação". Hodiernamente, e neste mundo globalizado a formação de quadros capacitados é o grande sustentáculo para o progresso e para maior compreensão dos fenómenos socio-económicos, psicotécnicos e principalmente para nos angolanos entender melhor os fenómenos naturais e sobretudo culturais que abundam em nosso pais (etnias, tradições, línguas, hábitos, usos e costumes).Segundo definição da UNESCO, “uma pessoa funcionalmente analfabeta é aquela que não pode participar de todas as actividades nas quais a alfabetização é requerida para uma actuação eficaz em seu grupo e comunidade, e que lhe permitem, também, continuar usando a leitura, a escrita e o cálculo a serviço do seu próprio desenvolvimento e do desenvolvimento de sua comunidade”.Um dos maiores problemas dos países subdesenvolvidos é o analfabetismo (não confundir com ignorância). A luta para reduzir o analfabetismo é antiga e sua supressão não tem sido possível. Há tempos, a educação é considerada uma dos maiores privilégios dos quais o ser humano pode gozar.
Entende-se por analfabetismo funcional a incapacidade que algumas pessoas têm de entender (compreender) otexto que acabaram de ler, ou seja, quando, mesmo que as pessoas saibam ler e escrever, apresentam incapacidade para interpretar o texto que lhes foi dado para ser interpretado. Este tipo de analfabetismo é bastante comum.
Pode-se afirmar que, nos dias de hoje, a sociedade está experimentando uma nova forma de analfabetismo, chamado de analfabetismo digital. Este tipo de carência está relacionado coma falta de conhecimento necessário para utilizar computadores pessoais, celulares e agendas electrónicas e dominar os sistemas que operam estas máquinas como, por exemplo, navegar na rede mundial de computadores.
O grave problema do analfabetismo no mundo contínua sendo um dos grandes temas prioritários a solucionar desde que se realizou a Conferência Mundial da Educação para Todos, ocorrida em1990, em Jomtiem, Tailândia. Esta conferência foi assistida por representantes do mundo todo e chegou-se à conclusão de que a alfabetização é um dos factores chave para resolver um dos problemas mais urgentes da sociedade, que a realização plena do ser humano só se dá através da educação e promovê-la é fundamental para o desenvolvimento das nações. Assim sendo, a educação é uma ferramentaextremamente útil para combater a pobreza e a desigualdade, elevar os níveis de saúde e bem-estar social, criar as bases para um desenvolvimento económico sustentável e a manutenção de uma democracia duradoura. Por este motivo a educação foi incluída na lista dos oito objectivos de Desenvolvimento do Milénio das Nações Unidas, que fixou para o ano de 2015 a data limite para alcançar 100% de educação...
tracking img