Hepatite c

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL (SENAC)
PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO – PRONATEC
CURSO TÉCNICO DE SEGRANÇA DO TRABALHO
DISCIPLINA EDUCAÇÃO PARA SAÚDE

THIAGO BRANCO CORRÊA

HEPATITE C

PORTO ALEGRE – RS
2013

THIAGO BRANCO CORRÊA

HEPATITE C

Trabalho complementar da disciplina de Educação para Saúde; tendo como objetivo o estudo dahepatite C, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC).
Área de concentração:
Doenças Transmissíveis.
Orientação: Prof. Alsácia Belina Maizenbacher.

PORTO ALEGRE – RS
2013

THAGO BRANCO CORRÊA


Trabalho complementar da disciplina de Educação para Saúde; tendo como objetivo o estudo da hepatite C, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC).

Área de concentração:Doenças Transmissíveis.

Data de defesa: 31 de maio 2013.
Resultado:___________________.

BANCA EXAMINADORA:

Alsácia Belina Maizenbacher Prof. Dr. _____________________
SENAC-RS Passo d’areia

FOLHA DE RESUMO PORTUGUÊS

A hepatite C é uma doença infecciosa causada pelo vírus da hepatite C (VHC) e que afeta sobretudo o fígado. A infecção é muitas vezes assintomática,embora a infecção crônica possa levar à fibrose do fígado e por fim à cirrose, que normalmente só se manifesta passados vários anos. Em alguns casos, os indivíduos com cirrose contraem Insuficiência hepática ou cancro do fígado, podendo haver ainda complicações que representam risco imediato de vida, como varizes esofágicas ou gástricas.
O contágio com VHC é feito através de contato sanguíneo,associado sobretudo ao uso de seringas, material médico mal esterilizado e transfusões sanguíneas. Estima-se que em todo o mundo sejam afetadas pela hepatite C 130 a 170 milhões de pessoas. A existência da hepatite C foi proposta durante a década de 1970 e demonstrada em 1989. A doença afeta apenas o ser humano e os chimpanzés.
O vírus permanece no fígado em cerca de 85% dos casos de infecção. Estainfecção crônica pode ser tratada com medicação: a terapia convencional consiste numa combinação de peginterferona e ribavirina, os quais podem ser complementados com boceprevir ou telaprevir em determinados casos. A taxa de sucesso do tratamento situa-se entre os 50 e 80%. Os indivíduos que desenvolvam cirrose ou cancro do fígado podem vir a necessitar de um transplante de fígado. A hepatite C é aprincipal causa de transplantes de fígado, embora o vírus normalmente se volte a manifestar mesmo depois do transplante. Não existe ainda uma vacina eficaz contra a doença.

FOLHA DE RESUMO INGLÊS

Hepatitis C is an infectious disease caused by the hepatitis C virus (HCV), which affects mainly the liver. The infection is often asymptomatic, while the chronic infection may lead to liverfibrosis and ultimately to cirrhosis, which usually manifests itself only after several years. In some cases, individuals with cirrhosis or hepatic insufficiency contract liver cancer, and there may be further complications that pose immediate risk to life, such as esophageal or gastric varices.
The HCV infection is made through blood contact, particularly associated with the use of syringes, poorlysterilized medical equipment and blood transfusions. It is estimated that worldwide are affected by hepatitis C from 130 million to 170 million people. The existence of hepatitis C was proposed during the 1970s and demonstrated in 1989. The disease affects only humans and chimpanzees.
The virus remains in the liver by approximately 85% of cases of infection. This chronic infection can be treatedwith medication: Conventional therapy is a combination of peginterferon plus ribavirin, which may be supplemented with boceprevir or telaprevir in certain cases. The success rate of treatment is between 50 and 80%. Individuals who develop cirrhosis or liver cancer may come to need a liver transplant. Hepatitis C is a leading cause of liver transplants, although the virus usually manifest even...
tracking img