Hemorragias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1308 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HEMORRAGIA

A Hemorragia é a perda de sangue, para o meio externo ou interno, por ruptura ou laceração de vasos sanguíneos. Pode ser classificada quanto à forma, ao tempo, anatomicamente e clinicamente. Pode apresentar diversas causas, o que determina a gravidade da lesão. As consequências também variam de acordo com tais lesões. A hemorragia é diagnosticada através de vários sinais e sintomasdetectados no paciente, e a maneira de contê-la depende do seu nível. Dentre as técnicas, estão: compressão direta, indireta e torniquete. Existem alguns procedimentos básicos para Pronto Socorro em hemorragias, que dependerá da profundidade do corte, da extensão dos ferimentos, da presença de corpos estranhos na ferida, se a hemorragia não parar e se houver sangramento de algum dos orifícios daface.

São classificadas quanto:    Forma: petéquias, hematomas; Tempo: aguda ou crônica; Do ponto de vista anatômico pode ser classificada em: arterial, venosa e capilar. púrpura, sufusão hemorrágica, equimoses e

A hemorragia arterial é ocasionada pelo rompimento de uma artéria, apresenta-se em jatos e com sangue de cor vermelho vivo, podendo conter bolhas, indicando que esse sangue é ricoem oxigênio.

A hemorragia venosa é ocasionada pelo rompimento de uma veia, apresentase em filete e com a presença de sangue vermelho escuro. A hemorragia capilar é a hemorragia causada pelo rompimento de capilares sanguíneos; o exemplo mais comum desse tipo de hemorragia é a escoriação. As hemorragias também podem ser divididas do ponto de vista clínico em: Externas: caracteriza-se peloextravasamento de sangue para fora do corpo. Internas: são mais difíceis de serem diagnosticadas pelo socorrista, porque se apresentam de forma mais subjetiva, não exteriorizando o sangue. São ocasionadas por rupturas internas, decorrentes de traumas, nos órgãos em seus respectivos sistemas. São comuns em acidentes automobilísticos e em acidentes de quedas de grandes alturas. Mistas: é quando umavítima apresenta os dois tipos de hemorragia.

Sinais e sintomas: Pulso fraco; Vítima queixa-se de sede; Suor pegajoso e frio; Pele cianótica; Lábios e dedos cianóticos; Torpor e obnubilação; Desmaio; Queda da pressão arterial.

Hemostasia: é o conjunto ou qualquer manobra que vise conter a hemorragia.

Hemostasia Temporária: é a hemostasia para conter a hemorragia no nível de primeiros socorros. Técnicas para conter a hemorragia:

Compressão direta: é também conhecida como tamponamento. Funciona fazendo-se pressão em cima do ferimento, utilizando-se uma gaze ou pano limpo. É importante não se retirar a gaze, mesmo que essa fique encharcada de sangue, para permitir a cicatrização desse ferimento.

Compressão indireta: para ser realizada depende da identificação correta do tipo dehemorragia (arterial, venosa ou capilar). Consiste em comprimir o vaso num local acima do ferimento a fim de impedir uma maior perda de sangue. Não é muito aconselhada porque o socorrista precisa identificar o tipo de vaso lesado e, do ponto de vista anatômico, o tipo de hemorragia.

Torniquete: seu uso só é justificado em última estância, em casos de amputação traumática e esmagamento demembros. Deve ser realizada com muita cautela e atenção. Faz-se o torniquete envolvendo o membro afetado com uma bandagem de 10cm ou com tiras de pano, amarrando-se junto com um graveto ou com uma caneta de tal forma que esta sirva como uma válvula para aliviar ou diminuir a pressão. É preciso tomar cuidado com a perfusão sanguínea, por isso é essencial que a cada 12 minutos o torniquete seja afrouxado.Procedimentos básicos para pronto socorro em hemorragia:

Se o corte for profundo:    Deitar a vítima. Se possível afastar sem perda de tempo a roupa das proximidades da ferida. Se não vir qualquer corpo estranho no interior da ferida, exercer uma forte pressão sobre esta com um pano limpo e absorvente ou com as

próprias mãos.    Se possível, erguer a zona do ferimento acima do...
tracking img