Hematose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1421 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução:

Hematose Pulmonar: É a troca de CO2 do sangue levado ao pulmão para O2.
O circuito dos gases em nosso corpo

O transporte de gases pelo sangue é feito por pigmentos respiratórios e pelo plasma. Na maioria dos vertebrados a hemoglobina (pigmento respiratório dos glóbulos vermelhos - hemácias) combina-se com o oxigênio formando a oxiemoglobina na superfície de trocarespiratória. Nos tecidos, a hemoglobina libera o oxigênio, seguindo de volta aos pulmões.

Nos alvéolos pulmonares, a concentração de oxigênio do ar é elevada, e no sangue, que circula nos capilares, a concentração de oxigênio é baixa. Essa diferença resulta na difusão do oxigênio para dentro do sangue.

O gás carbônico é constantemente produzido pelas células durante o metabolismocelular (respiração celular), gerando uma diferença de concentração entre o interior da célula e seu exterior (espaço intercelular ou interstícios), e uma conseqüente difusão desse gás carbônico para o líquido intersticial. Agora o líquido intersticial passa a ter uma concentração maior de gás carbônico que o plasma sanguíneo, o que causa uma difusão para o capilar. O gás carbônico é transportadopela hemoglobina ou dissolvido no plasma.

[pic]

• Troca de Gases – (Quimicamente)

[pic]

Transformações químicas

A concentração de gás carbônico, no plasma, modifica a afinidade da hemoglobina ao oxigênio. Nos tecidos, onde a concentração de gás carbônico é alta, a hemoglobina tem sua afinidade pelo oxigênio diminuída, liberando-o para os tecidos; nospulmões, onde a concentração de gás carbônico é baixa, a afinidade pelo oxigênio aumenta, fazendo com que a hemoglobina se ligue a ele.

Quando fazemos uma grande inspiração, o ar do ambiente entra pelo nosso nariz ou boca, passa pela faringe, laringe, traquéia, brônquios e bronquíolos, até chegar aos alvéolos pulmonares, enchendo nossos pulmões. É nos alvéolos pulmonares que ocorrerá a troca degases entre a atmosfera e o nosso sangue, que levará o oxigênio às diferentes células do corpo e delas vai retirar o gás carbônico.

Os brônquios chegam aos pulmões, onde se dividem formando tubos menores (os bronquíolos), os quais chegam aos alvéolos pulmonares. Os alvéolos pulmonares possuem paredes muito finas e estão recobertos por uma quantidade enorme de capilares. Dessa forma ocorreaumento grande da superfície de contato entre o ar, que entrou nos pulmões, e o sangue.

É nos alvéolos que será feita a troca de gases entre o ar e o sangue. O sangue rico em gás carbônico (sangue venoso) chega aos alvéolos pulmonares pelos capilares, e entra em contato com o ar que preenche os alvéolos por sua fina camada de células achatadas. Aí ocorrem as trocas gasosas. O sanguelibera o gás carbônico (dióxido de carbono) e capta o oxigênio, se transformando de venoso em sangue arterial (rico em oxigênio).

Enfim, a respiração pode ser dividida em três etapas:

• Troca gasosa entre o ambiente e os órgãos respiratórios;
• Troca gasosa entre as células e os líquidos corporais;
• Utilização do oxigênio como parte do metabolismo, no processo de respiraçãocelular.

O ar inspirado é mais frio que o organismo e seu grau de umidade é baixo. Para diminuir as diferenças de temperatura e umidade entre o ar do meio ambiente e o sangue, o ar é filtrado aquecido e umedecido ao longo do trajeto que percorre. Disso, podemos concluir que a expiração "rouba" do corpo energia térmica e água.
A maioria dos gases com importância na fisiologia darespiração possui uma solubilidade muito baixa no sangue e o inverso ocorre nos lipídios através da membrana celular onde são muito solúveis. Quando há edema a membrana celular aumenta em muito a sua espessura, com isso se tem uma maior dificuldade para ocorrer à difusão.

Composição do ar alveolar e sua relação com o ar atmosférico, ao nível do mar.
                           [pic]...
tracking img