helenismo

Páginas: 10 (2330 palavras) Publicado: 15 de novembro de 2013
Período Helenístico

Uma ótima oportunidade de confirmar o valor de verdade da expressão “historicidade da filosofia”, é tomar contato com o período de transição da filosofia antiga e clássica grega para o pensamento filosófico da época helenística. Podemos constatar o quanto o ambiente humano cultural pode participar da construção dos modelos de verdade, para que nele o homem se apoie, dandosegurança e sentido à sua própria existência. O movimento do pensamento é auto-gerador. Na mesma proporção que gera alteração no ambiente cultural mais amplo, recebe de volta o motivo da auto-reflexão e reformula novamente o sentido para seu mundo físico e espiritual. Fluxo e refluxo que pulsa a energia humana gerando o movimento histórico-cultural do qual a filosofia participa como a ferramentaeficiente e, no mundo a partir dos pré-socráticos, mais necessária.

O grande evento histórico da transformação ocorrida na Grécia clássica e que marca a transição para a época helenística foi a expedição de Alexandre Magno no período de 334 a 323 A.C. Foram radicais mudanças em todo o espírito do mundo grego por desfazerem uma das maiores realizações, não só entre os gregos mas, de toda ahumanidade: a criação e o estabelecimento da Polis como o espaço público para o exercício da cidadania, na qual o homem livre cumpria sua obrigação de decidir os rumos do seu estado. Como para o grego da época clássica sua vida privada se confundia com sua condição de cidadão, a totalidade de sua existência transcorria no exercício da cidadania; na polis. Toda a construção de um ideal se desfazia sob umoutro que se impunha pela força. As antigas concepções, fundamentais para o antigo modelo de vida, alicerçada na espiritualidade da moral refletida pela ética, que culminava no pensamento de Platão e Aristóteles, desaparecia deixando em seu lugar o vazio que o novo habitante, já nem tanto cidadão, deveria preencher.

As novas monarquias helenísticas, nascidas da dissolução do império deAlexandre, são instáveis; mas as mudanças ocorridas com a perda de importância da polis, não causaram reações por parte dos indivíduos sob o novo regime. Não houve uma troca de instituições e, aos gregos de agora, o status de súdito substitui o de cidadão no sentido clássico. Seu querer está ausente dos interesses do estado e as novas virtudes são de ordem técnica, desenvolvida por habilidadesespecíficas profissionais e não de conteúdos éticos das virtudes civis do passado. A administração pública foi profissionalizada e emprega o funcionário, o soldado ou o mercenário. Entre o funcionário público e o técnico está aquele que não estando numa posição, nem noutra, vive uma atitude de desinteresse e até de aversão pelas coisas do estado.

Assim, por necessidade, novos pensamentos despontam do novomeio para repor o homem em um novo trajeto traçado por ele mesmo. As novas filosofias vão refletir as novas condições de existência pondo o estado e a política entre as coisas indiferentes e até evitáveis.

Em 146 A.C. ; a Grécia torna-se uma província romana. O pensamento grego volta-se para o ideal de cosmopolitismo abandonando definitivamente sua relação com a polis. Sem a polis onde sepraticava a democracia, o novo homem se descobre como indivíduo. A nova identidade traz ao indivíduo sua própria forma de moldar seu perfil moral, com a implicação que isso pode trazer num regime individualista. Os excessos pelo egoísmo são o fruto da separação entre a ética e a política.

É interessante notar que, entre os gregos, até em Aristóteles sobreviveu a ideia de denominação de bárbarospara os estrangeiros. Considerados incapazes de cultura, eram julgados inferiores e sem qualificações para atividades livres. Mas na difusão da cultura grega por outros povos e raças a cultura “helênica” torna-se “helenística”; o contato com outras culturas, como é sempre observável, traz assimilações de elementos externos para a cultura helênica. Esse movimento de assimilação cultural vai...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Helenismo
  • O Helenismo
  • Helenismo
  • O Helenismo
  • o helenismo
  • Helenismo
  • Helenismo
  • Helenismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!