Hdkajsnhdioaus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2545 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ATIVIDADE: QUESTIONÁRIO 2

CAMPO MOURÃO/PR
2012
1- Quais são as principais teorias e a importância para a ciência política dos Filósofos Nicolau Maquiavel, Thomas Hobbes, John Locke, Montesquieu e Rousseau?

A principal teoria de Maquiavel esta em sua obra mais conhecida “O Príncipe”, e diz que “Os fins justificam os meios”, para ele não importa o que se faça para atingir seus objetivosdesde que sejam alcançados e os mesmos sejam louváveis.
Thomas Hobbes fundamenta sua teoria estabelecendo a necessidade de criação de um estado soberano como forma de manter a paz civil.
Para John Locke o homem nasce com os direitos naturais, e para alcançar os mesmos foram criados os governos que também devem respeitar os direitos naturais do homem, desta forma loocke quis mostrar que asoberania não proveem só do estado mas também da população.
Montesquieu em sua teoria defendeu a divisão dos três poderes, sendo eles executivo, legislativo e judiciário. Acreditando que desse modo a população estaria mais segura e evitando também o abuso de poder de alguns homens.
Rousseau acreditava que a principal causa dos problemas nas organizações políticas era devido a grande desigualdade entreos homens, e a partir disso Rousseau iniciou sua defesa para que o povo participasse ativa e diretamente nos atos do legislativo. Defendia ele também que os homens deveriam estabelecer pactos entre si pra que todos se tornassem iguais perante a lei.

2- Porque Thomas Hobbes e Maquiavel são chamados de Filósofos teóricos do Renascimento e da Idade Média? Justifique a sua respostaconsiderando as teorias desenvolvidas pelos filósofos.

Ambos são considerados teóricos e filósofos da Idade Média, pelo fato do tempo em que os mesmo escreveram as obras,
Hobbes foi o primeiro sistematizador do contratualismo como teoria de justificativa do Estado.
Maquiavel rompe todos os vínculos morais e valorativos, para pregar o oportunismo e o cinismo na arte de governar. Considerado também ofundador da ciência política moderna.

3- Qual é a diferença entre o homem selvagem para Thomas Hobbes e o homem antes do contrato social para John Locke?
Para Thomas Hobbes, o "estado de natureza" é qualquer situação onde não há um governo que estabeleça a ordem. O fato de todos os seres humanos serem iguais no seu egoísmo faz com que a ação de um só seja limitada pela força do outro. "Ohomem é o lobo do homem". Para que todos não acabem se matando e tenham segurança, é necessário um Estado, uma instituição de poder comum. Aqui o "direito natural" é o direito de cada um usar o seu poder para se autopreservar e satisfazer os seus desejos. O "estado de natureza" é sempre um estado de Guerra: mesmo que não haja batalha, ela está latente, podendo ocorrer a qualquer momento e sem causaaparente. Preocupados em se defender ou atacar, todos seres humanos se tornam incapazes de gerar riquezas. De acordo com Hobbes, “a origem das sociedades amplas e duradouras não foi a boa vontade de uns para com os outros, mas o medo recíproco”.
Para John Locke, o Estado Natural não é apenas uma construção teórica, ele existiu e continua existindo. Locke entendia que no Estado de Natureza aspessoas eram submetidas à Lei da Natureza o que era possível porque elas eram dotadas de razão. Nesta Lei da Natureza cada indivíduo poderia fazer o papel de juiz e aplicar a pena que considerasse justa ao infrator. Esta arbitrariedade individual é um dos principais motivos das pessoas buscarem entrar num Estado Civil. De acordo com o Direito Natural o ser humano tem direito sobre sua vida, liberdadee bens. A propriedade privada era definida no momento em que o ser humano misturava seu trabalho com a natureza. Para Locke, "não é toda convenção que põe fim ao estado de natureza entre os homens, mas apenas aquela pela qual todos se obrigam juntos e mutuamente a formar uma comunidade única e constituir um único corpo político; quanto às outras promessas e convenções, os homens podem fazê-las...
tracking img