hardware

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1017 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PÍAUI
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL
PROFESSORA: ANA LÚCIA NUNES FALCÃO DE OLIVEIRA



















MEDIDAS DE MASSA, VOLUME E DENSIDADE









ANA KELLY ARAUJO OLIVEIRA
IAN GUSTAVO RODRIGUES VELOSO
IKARO IAGO DE CARVALHO
MARCOS EGIDIO RODRIGUES LEAL DE SOUSA










TERESINA / PI
2013SUMÁRIO


INTRODUÇÃO 03
OBJETIVO 04
MATERIAL 04
PROCEDIMENTO 04
RESULTADO 05
DISCUSSÃO 05
CONCLUSÃO 06
REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS 07

































INTRODUÇÃO


Massa é um conceito muito usado nas ciências naturais para explicar vários fenômenos observados na natureza. No Sistema Internacional, a sua unidade é o quilograma (kg). Alémda massa, as medidas de volume possuem grande importância nas situações envolvendo capacidades de sólidos. Podemos definir volume como o espaço ocupado por um corpo ou a capacidade que ele tem de comportar alguma substância, esse fato é muito importante quando se diz respeito a algum experimento químico, pois muitas vezes é necessária uma quantidade de volume ou massa específica para desencadeardeterminada reação.
Agregado a isso, a densidade é muito importante, já que ela serve para determinar a quantidade de matéria que está presente em uma determinada unidade de volume. Dessa forma, sabendo-se a densidade de uma substância e conhecendo o volume, pode-se encontrar a quantidade de matéria e vice-versa, e também determinar a precisão de determinada mediada ou o grau de pureza de umasubstância.
Na medição de substâncias, são usados instrumentos que medem volume, temperatura, massa, entre outros, eles devem ser exatos e precisos o máximo possível. Apesar de parecerem sinônimos, a exatidão e a precisão são termos distintos. A precisão significa o quanto as medidas repetidas estão próximas umas das outras. No entanto, a exatidão indica a aproximação do valor real (do valor aceitocomo referência), está o valor medido. Algumas vidrarias são mais exatas do que outras, dependendo da necessidade de cada experimento, devem ser utilizadas aquelas com maior exatidão, por isso deve-se levar este fator em conta na hora de escolher que vidraria será usada para a medição de volume.






















OBJETIVOS


1) Manipular corretamente a vidrariadisponível para determinação de volume.
2) Analisar a exatidão dos recipientes volumétricos
3) Relacionar as medidas de massa e volume com uma propriedade específica de substâncias.
4) Sequenciar um dado experimento e verificar precisão de medidas


MATERIAL


- Água destilada;
- Balão volumétrico;
- Balança analítica;
- Béquer;
- Bureta;
- Erlenmeyer;
- Proveta;
- Pipeta.PROCEDIMENTO


1) Mediu-se 5 e 10 mL de água utilizando três vidrarias diferentes, existentes na sua bancada. Justificou-se a escolha das vidrarias utilizadas.
2) Medidas de Massa e Volume:
2.1. Pediu-se a professora instruções sobre o uso das balanças antes de pesar os recipientes secos: proveta de 5 mL, balão volumétrico de 10 mL e béquer de 10 mL.
2.2. Colocou-se cuidadosamente 10 mL de águadestilada no balão volumétrico e no béquer e 5 mL na proveta, e pesou-se novamente. Anotaram-se os resultados.
2.3. Compararam-se os resultados obtidos por nós com os dos colegas.
2.4. Adicionou-se 40 mL de água a uma proveta de 50 mL e outros 40 mL de água a uma proveta de 100 mL. Em ambos os casos adicionou-se mais 1 mL de água com uma pipeta. Verificou-se a leitura da situação final em cada caso.2.5. Encheu-se uma bureta com água destilada. Depois de zerá-la abriu-se a torneira e deixou-se escoar, em um béquer, uma porção qualquer do líquido, fechou-se a torneira e verificou-se o volume escoado. Conferiu-se com o instrumento se sua leitura é correta.
2.6. Preparou-se novamente a bureta de 50 mL completando seu volume até a indicação zero. Despejou-se sobre um erlenmeyer graduado de...
tracking img