Habronemose equina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1234 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HABRONEMOSE EQUINA

INTRODUÇÃO

A Habronemose é uma enfermidade parasitária que acomete os eqüídeos, causada por nematóides que parasitam o estomago dos hospedeiros definitivos, cujo ovos são eliminados nas fezes e tem como hospedeiros intermediários muscídeos cosmopolitas das espécies Musca domenstica, Stomoxys calcintrans e outros menos freqüentes (ANDERSON ,2001 e TIMOTHY, 2000).
Oprincipal motivo da alta prevalência da habronemose no pais é a falha no manejo sanitário dos rebanhos e muitas vezes a falta de informação sobre tratamento, controle e ciclo evolutivo do agente. A enfermidade possui diversos nomes de acordo com sua região brasileira como: “Ferida de verão”, “Câncer do Pântano”, “Bursatti”, “Feridas Estivais”, “Ferida dos machos” e “Esponja” (AIELLO, 2001).PATOGENIA E SINAIS CLÍNICOS

As formas clínicas da habronemose serão manifestadas de acordo com a localização dos nematóides adultos e das larvas de terceiro estagio, podendo ser: habronemose gástrica, habronemose cutânea, habronemose conjuntival e habronemose pulmonar. Encontram-se nódulos habronemóticos no baço com lesões supurativas (REBHUN et al, 1981 e FORTES, 1997 e BLOOD, RADOSTITS, 2002 ).Habronemose Gástrica

As larvas de H. megastoma podem formar granulomas eosinofílicos na parede do estomago, principalmente na região glandular. Estes granulomas podem formar lesões nodulares fibrosas solidas com ate 5 a 7 cm de diâmetro (KNOTTENBELT, PASCOE, 1998).
A maioria dessas lesões são nódulos que contem parasitas adultos que ficam cobertos por material caseoso e necrótico. Estesnódulos apresentam um orifício central por onde os ovos e as larvas passam para a luz do estomago (BLOOD, RADOSTITS, 2002 e THOMASSIAN, 2005).
De modo geral a habronemose gástrica não paresenta sinais clínicos, mas algumas vezes, as animais acometidos podem apresentar pelagem seca, sem brilho e apetite variável. Eventualmente, pode ocorrer perfuração da parede gástrica seguida por peritonite. Nestecaso há depressão e febre. A Habronema pode levar a uma obstrução mecânica ou ruptura estomacal, desencadeando cólicas leves ate severas de acordo com a gravidade da estenose (BLOOD, RADOSTITS, 2002).

Habronemose Pulmonar

As larvas depositadas nas narinas migram para os pulmões. Há a formação de granulomas parasitários próximo aos bronquíolos, que induz uma Peri bronquite nodular. Emraras ocasiões, durante a migração das larvas pode-se detectar leves sinais de bronquite (TIMOTHY, 2000 e BERNE, 2001).
Geralmente a infecção pulmonar é assintomática, principalmente após a calcificação , porque não há estimulação pela migração larval em produzir muco bronquial (FORTES, 1997).

Habronemose Cutânea

A habronemose cutânea causa granulomas ulcerativos crônicos. Esta manifestaçãoocorre devido a presença das larvas de Habronema que são depositadas pelas moscas transmissoras, em feridas ou escoriações na pele dos eqüídeos, produzindo tanto uma reação inflamatória local como uma reação alérgica localizada (KNOTTENBELT, PASCOE, 1998 e MAIOR, ALVES, 2001).
Comumente as lesões ocorrem em regiões do corpo onde ferimentos e escoriações são mias prováveis de ocorrer e onde oanimal não consegue espantar as moscas vetoras. As partes do corpo mais acometida são: canto medial dos olhos, comissura labial, cernelha, processo uretral, prepúcio, pênis, regiões distais dos membros, porção ventral do abdome (MAIOR, ALVES, 2001).

Habronemose Conjuntival

A habronemose conjuntival é de ocorrência comum. Ocorre quando larvas de Habronema são depositadas em tecido ocular, asmoscas que servem como hospedeiros intermediários para Habronema são atraídas pela alimentação em áreas úmidas do corpo, inclusive a conjuntiva (BLOOD, RADOSTITS, 2001).
Há formação de conjuntivite granulosa também conhecida como blefaroconjuntivite hebronemótica ou conjuntivite parasitaria. A conjuntivite manifesta-se por massas necróticas amareladas e pequenas sob a conjuntiva, alteração no...
tracking img