Habilidades do administrador

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7838 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Trabalho apresentado às disciplinas de Teorias da Administração I, Comunicação e Linguagem, Sociologia e Filosofia do curso de Bacharelado em Administração da Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Profª Adriana Rampazo
Profº Marcelo Silveira
Profª WilsonSanches
Profª Márcia Bastos

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 REFERENCIAL TEÓRICO 4
3 PESQUISA 22
4 CONCLUSÃO 27
REFERÊNCIAS 28
INTRODUÇÃO

O trabalho apresentado tem o propósito de responder as questões solicitadas na produção textual do semestre, em Fundamentos em Administração I, quais sejam: Evolução da Teoria da Administração; Teorias dotrabalhador; Concepção de homem na idade moderna; Níveis de linguagem; Pesquisa com um administrador gestor e um trabalhador que não seja da área de gestão, análise e conclusão da pesquisa; os resultados possibilitarão refletir sobre os temas, sendo de grande importância para as atividades acadêmicas, pessoais e profissionais, aprofundando os conhecimentos relacionados à profissão do administrador, seja nosaspectos teóricos, seja nas questões práticas sobre as habilidades e competências do administrador.
No sentido amplo e coloquial, o termo administrador é empregado para designar todo aquele que administra algo, toma conta dos recursos envolvidos, cuida do seu funcionamento, tendo em vista os objetivos estabelecidos (TACHIZAWA E SCAICO, 2007).
Por outro lado, no sentidoestrito e técnico, o termo administrador é utilizado em associação com uma organização como entidade objeto do ato de administrar, isto é, ele é administrador de uma organização, seja ela de micro e pequena empresa – MPE ou organização de grande porte. Isto ocorre, ainda, no contexto das organizações, qualquer que seja a sua natureza – pública (primeiro setor), privada (segundo setor) ou social(terceiro setor), no seu todo ou em uma de suas partes (TACHIZAWA, 2006).

REFERENCIAL TEÓRICO

Atualmente sabemos que qualquer tipo de organização necessita de um mínimo de organização para poder sobreviver, em um contexto de concorrência cada vez mais acirrada e de um mundo em constantes mudanças, as perspectivas são de que as atividades organizacionais cada vez mais exijampessoas especializadas e com competências diversas, assim como exigem também que as organizações sejam cada vez mais flexíveis e tenham a capacidade de modificar-se e de adaptar-se, Chiavenato (2003, p.20) diz que:

A administração na sociedade moderna tornou-se vital e indispensável. Em uma sociedade de organização, na qual a competência e a interdependência das organizaçõesconstituem o aspecto crucial, a Administração avulta como o fator chave para a melhoria da qualidade de vida e para a solução dos problemas mais complexos que afligem a humanidade de hoje.

Vivemos em uma sociedade formada por organizações, e essas organizações fornecem os meios de subsistência para muitas pessoas. Cury (2000, p.103) diz que:

Hoje, podemos dizer quevivemos em uma sociedade eminentemente organizacional. Nas sociedades complexas, o homem, em todas as etapas de sua vida, desde o nascimento até a morte, depende de organizações, é controlado por organizações e nelas passa a maior parte do tempo.

As organizações têm como finalidade atender as necessidades que a sociedade demanda. Como essas demandas são heterogêneas, asorganizações também são. Elas têm finalidades e objetivos distintos, têm tamanhos, missão, visão, estrutura e outras inúmeras características que as fazem ser muito diferentes umas das outras.
Maximiano (2004) diz que “uma organização é um de recurso que procura realizar algum tipo de objetivo (ou conjunto de objetivos), e que além dos objetivos e recursos, as organizações contam também com...
tracking img