Habeas data

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1331 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE:
NATAL-RN / /
TRABALHO DE PESQUISA
ASSUNTO: TIPOS DE CURATIVOS

TIPOS DE CURATIVOS

COMPONENTE:
ENFª:


NATAL, RN/ /







Sumário..............................................................................02Introdução........................................................................................................ 03
1. Conceito................................................................................................ 03
2. Desenvolvimento....................................................................................03
3. Material para curativos...........................................................................04
4. Curativosde feridas simples e limpas.....................................................05
5. Ferida.....................................................................................................05
6. Conclusão..............................................................................................06
7.Bibliografia.............................................................................................07





INTRODUÇÃO

O objetivo deste trabalho é dá uma visão geral para conhecermos quais procedimentos corretos devemos tomar na área da saúde para resolver tais problemas que discorremos a seguir.

CONCEITO
Curativos é todo material colocado diretamente sobre uma ferida, cujos objetivos são: evitar a contaminação de feridas limpas; facilitar acicatrização; reduzir a infecção nas lesões contaminadas; absorver secreções, facilitar a drenagem de secreções, promover a hemostasia com os curativos compressivos, manter o contato de medicamentos junto à ferida e promover conforto ao paciente.
DESENVOLVIMENTO
A seguir, citaremos algumas das substâncias mais utilizadas em curativos de feridas abertas e infectadas, principalmente no tocante deindicação, mecanismo de ação e maneira de utilização.
Aberto - É aquele no qual se utiliza apenas o anti-séptico, mantendo a ferida exposta. Ex: Curativo de intracath, ferida cirúrgica limpa;
Oclusivo - Curativo que após a limpeza da ferida e aplicação do medicamento é fechado ou ocluído com gaze ou atadura;
Seco - Fechado com gaze ou compressa seca (não se usa nada na gaze);
Úmido - Fechado comgaze ou compressa umedecida com pomada ou soluções prescritas;
Compressivo - É aquele no qual é mantida compressão sobre a ferida para estancar hemorragias, eviscerações, etc;
Drenagens - Nos ferimentos com grande quantidade de exsudato coloca-se dreno (Penrose, Kehr), tubos, cateteres ou bolsas de colostomia;
PAPAÍNA - é uma enzima proteolítica extraída do látex da caricapapaya.
Indicação: emtodo tecido necrótico, particularmente naqueles com crosta.
Mecanismo de ação: ação anti-inflamatória, bactericida e cicatricial; atua como desbridante
Modo de usar: preparar a solução em frasco de vidro, irrigar a lesão e deixar gaze embebida na solução
Observações: a diluição é feita de acordo com a ferida: 10% em tecido necrosado, 6% nas com exudato purulento e 2% naquelas com poucoexudato.
HIDROCOLÓIDE - partículas hidroativas em polímero inerte impermeável
Indicação - lesões não infectadas com ou sem exudato, áreas doadoras e incisões cirurgicas
Mecanismo de ação - promove barreira protetora, isolamento térmico, meio úmido, prevenindo o ressecamento, desbridamento autolítico, granulação e epitelização
Modo de usar - irrigar a lesão com soro fisiológico, secar as bordas e...
tracking img