Guia de incertezas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 213 (53023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Primeira Edição Brasileira do

Guia EURACHEM / CITAC
Determinando a Incerteza na
Medição Analítica
Segunda Edição

Editores
S L R Ellison (LGC, UK)
M Rosslein (EMPA, Switzerland)
A Williams (UK)

Composição do Grupo de Trabalho

Agradecimentos
Esse documento foi produzido primariamente por um
Grupo de Trabalho do EURACHEM/CITAC, com a
composição mostrada ao lado. Os editoresestão
agradecidos a todos esses indivíduos e organizações
e a outros que contribuíram com comentários,
assistência e aconselhamento.
A produção desse guia foi em parte patrocinada pelo
Departamento de Indústria e Comércio da GrãBretanha, como parte do Programa de Medição
Analítica Válida (VAM) do Sistema Nacional de
Medição.

Membros
do
EURACHEM
A Williams Chairman
UK
S EllisonSecretary
LGC, Teddington, UK
M Berglund
Instituto para Materiais de
Referência
e
Medições,
Bélgica
W Haesselbarth
Bundesansfalt
fur
Materialforshung
und
Prufung, Alemanha
K Hedegaard
EUROM II
R Kaarls
Instituto
de
Medição
Holandês, Holanda
M Mansson
Instituto Nacional da Suécia
de Pesquisa e Ensaio (SP),
Suécia
M Rösslein
EMPA, St. Gallen, Suiça
R Stephany
Instituto Nacionalde Saúde
Pública e Meio Ambiente,
Holanda
A van der Veen
Instituto
de
Medição
Holandês, Holanda
W Wegscheider
Universidade de Mineração e
Metalurgia, Leoben, Austria
H van de Wiel
Instituto Nacional de Saúde
Pública e Meio Ambiente,
Holanda
R Wood
Agência de Padrões de
Alimentos, UK
Membros CITAC
Pan Xiu Rong
Diretor, NRCCRM, China
M Salit
Instituto nacional de Ciência
eTecnologia, EUA
A Squirrel
NATA, Austrália
K Yasuda
Hitachi Ltda., Japão
Representante AOAC
R Johnson
Serviços
Analíticos
de
Agricultura,Químico, Texas,
EUA
Jung-Keun Lee
U.S. F.D.A., Washington
D Mowrey
Eli Lily & Co., Greenfield,
EUA
Representantes IAEA
P De Regge
IAEA, Viena
A Fajgelj
IAEA, Viena
Representante EA
D Gallsworth
UKAS,UK

coordenado pela SociedadeBrasileira
de Metrologia.
Comissão de Revisão
Hélio Lionel

Coordenador do projeto
.Membro do Conselho
Deliberativo da SBM e
Diretor da QMOL –
Qualidade, Metrologia,
Química e Avaliação de
Laboratórios Ltda.

Albert Hartmann

Millenium Chemicals

Eli Lionel

Sócio-estudante da SBM

Gilberto Oliveira
Gomes

SBM- Secretário Executivo

Jorge Reis Fleming

Centro de Pesquisas deEnergia Elétrica (CEPEL)/
ELETROBRAS

Kikue Higashi

Sócio da SBM e Aposentada
da Fundação Estadual de
Meio Ambiente do Estado
do Meio de janeiro - FEEMA

Lúcia Menezes P.
Damasceno

Laboratório de
Doping/IQ/UFRJ

Suzana S. de Moura Divisão de
Credenciamento/INMETRO
Tarcísio Pereira da
Cunha

Laboratório de
Doping/IQ/UFRJ

Vanderléa de Souza Divisão de
Química/INMETRO.
.
.
Apoio

Tradução do documento
Este guia foi traduzido com os
recursos do Projeto CNPq “ Formação
de Instrutores e Multiplicadores em
Áreas Estratégicas de Metrologia,
Normalização e Qualidade (Processo
Institucional
680147/00-4)
,
QUAM:2002 – Versão Brasileira

Sociedade Brasileira de Metrologia
(SBM);
Conselho
Nacional
de
Desenvolvimento
Cientifico
e
Tecnológico(CNPq);
Serviço Nacional de Aprendizagem
Industrial (SENAI);
Qualidade, Metrologia, Química e
Avaliações de Laboratórios Ltda.
( QMOL)
2

QUAM:2002 – Versão Brasileira

3

Guia EURACHEM/CITAC :Determinando a Incerteza nas Medições Analíticas
CONTEÚDO
INTRODUÇÃO À SEGUNDA EDIÇÃO
1. ESCOPO E CAMPO DE APLICAÇÃO
2. INCERTEZA
2.1 DEFINIÇÃO DE INCERTEZA
2.2 FONTES DE INCERTEZA
2.3COMPONENTES DA INCERTEZA
2.4 ERRO E INCERTEZA

3. MEDIÇÃO ANALÍTICA E INCERTEZA
3.1 VALIDAÇÃO DE MÉTODO
3.2 CONDUÇÃO DE ESTUDOS EXPERIMENTAIS DE DESEMPENHO DE MÉTODO
3.3 RASTREABILIDADE

4. O PROCESSO DE ESTIMATIVA DA INCERTEZA DE MEDIÇÃO
5. ETAPA 1. ESPECIFICAÇÃO DO MENSURANDO
6. ETAPA 2. IDENTIFICANDO AS FONTES DE INCERTEZA
7. ETAPA 3, QUANTIFICANDO INCERTEZA
7.1

INTRODUÇÃO

7.2...
tracking img