Guerra de canudos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (957 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic] |UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA – UNEB


DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO - CAMPUS II – ALAGOINHAS


CURSO – Licenciatura Plena em História – 2004/1 – VII Semestre.

Rodovia Alagoinhas /Salvador - BR 110 - km 03 – Alagoinhas/Ba
E-mail:uneb@netword.com.br CX. POSTAL 59 - FONE: (075) 422-1139/2101 FAX (075) 422-4888 | |
|Estudante: Ruy Freitas da Paixão - Matrícula: 500411530.|
|Curso de Extensão - Canudos – Professor Roberto Dantas. |


COMENTÁRIO DO FILME
Paixão e Guerra no Sertão de Canudos
1993, 78 min.Documentário que resgata um dos mais belos, chocantes e desconhecidos episódios da história brasileira. Com depoimentos de pesquisadores e, sobretudo, dos parentes dos combatentes, o filme oferece aopúblico uma verdadeira aula sobre a luta pela terra e pela liberdade.
Relembrando os passos de Antônio Conselheiro desde 1871, o filme apresenta o fundador de Monte Belo (Canudos) e sua ligação coma luta contra a escravidão, a opressão e a República. Descreve a comunidade sertaneja formada por negros, índios e pobres, onde não existia polícia, cobradores de impostos, nem patrões nem empregadose onde a terra e a produção eram coletivas. Mostra como o vilarejo de mais de 25 mil habitantes no interior da Bahia, em 1893, atraiu a ira de coronéis, da Igreja e do Governo Estadual e Federal.Conta, uma a uma, as quatro expedições que durante mais de um ano atacaram Canudos, mobilizando para isso mais de 12 mil soldados do exército de 17 estados (50% de todo o efetivo nacional na época).A resistência guerrilheira de João Abade, de José Venâncio, de Pajeú e de outros é descrita com detalhes surpreendentes. A destruição completa da cidade e o massacre de seus habitantes (ao fim foramtodos decapitados) compõem o desfecho da guerra e deste chocante filme. A conclusão de Paixão e Guerra no Sertão de Canudos é que espingardas e canhões podem destruir cidades, mas não os sonhos e...
tracking img