Grupoterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Área de Ciências Humanas
Curso de Psicologia
Estágio Básico II





RELATÓRIO FINAL

Grupoterapia com a comunidade infantil com foco nas relações interpessoais.








Acadêmica: Janice Veleda

Professor Supervisor: Félix Miguel Nascimento Guazina.








Santa Maria
2012

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANSCISCANOJANICE VELEDA








Trabalho avaliativo
Apresentado a disciplina de
Estágio Básico II
Área de Ciências Humanas
Curso de Psicologia












Prof. Ms.Félix Miguel Nascimento Guazina
Santa Maria – RS
2012


1. Introdução

O presente relatório final de estágio, apresentado por uma dupla de acadêmicas do curso de Psicologia da UNIFRA, para a disciplina de Estágio Básico II, supervisionado pelo professor Félix Miguel Nascimento Guazina, foi realizado em uma Organização não Governamental situada na cidade de Santa Maria/RS, sendo o foco principalcrianças em situação de vulnerabilidade social.
Ocorreram, semanalmente, atividades grupais com duração média de uma hora e meia cada, no período de abril a junho de 2012. Totalizando ao final do estágio 34 horas de carga horária.
O estágio básico II teve como objetivo a realização de um grupo operativo com crianças, bem como enfatizar seus benefícios no que se refere a favorecer as relaçõesinterpessoais, ao lidar com as dificuldades no dia-a-dia, e também questões de agressividade, medos e perspectivas de futuro. Foi atendido um grupo constituído por oito participantes com idades entre 3 e 4 anos, do sexo masculino e feminino, durante 3 meses.
As atividades realizadas foram de planejamento e intervenção coerentes com referenciais teóricos e características da população alvo. Aprática de intervenção psicológica em grupos aborda questões informativas, psicodinâmicas e psicossoais, não se caracterizando como atendimento psicoterápico. Porém, reconhece-se que qualquer intervenção elaborada e feita em relação ao grupo, pode gerar efeitos terapêuticos aos participantes, quanto ao próprio grupo.
Podemos observar, através de atividades lúdicas, como as crianças lidam com possíveistensões diárias, foram levantados aspectos que envolvem a criança em seu desenvolvimento físico, psíquico e social, para uma compreensão global da mesma; e teorias de grupo que pudessem auxiliar na compreensão da maneira como a criança se comunica no grupo. Durante todo o trabalho, foram utilizadas técnicas expressivas como brinquedos, desenhos, recortes, histórias, atividades com lanternas,argila, tinta, mosaico, varal e painel das profissões, filmes relativos às questões vigentes.
Para Zimerman (1993), as relações humanas são um campo de interação, comunicação entre indivíduos e a totalidade grupal social. O ser humano só existe em função de seus inter-relacionamentos grupais de que, desde o nascimento, participa “[...] numa constante dialética entre busca de sua identidade individuale a necessidade de uma identidade grupal social.” (p. 51).
O mesmo autor confere a importância do conhecimento e utilização da Psicologia grupal ao fato de os indivíduos passarem a maior parte de suas vidas convivendo e interagindo com grupos distintos, desde o primeiro grupo natural: a família, até as creches, maternais, escolas, grupos de formação espontânea, entre outros. É dessa forma que acriança estabelece vínculos grupais diversificados. Até a vida adulta os agrupamentos vão se renovando e ampliando.

1.1 Objetivos

Geral: Práticas grupais que se configuram com crianças, a partir da técnica de grupo operativo com foco principal nas relações interpessoais, sendo o primeiro contato dos estudantes de Psicologia com esta técnica.
Específicos:
Criar grupos de reflexão acerca...
tracking img