Grupos e equipes de trabalho nas organizações

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5235 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO



CHÉLIDA MARAINS RA: 090712790

cRISTINA BERTOLLI RA:

ELTHON CORREA RA: 090384911

GRACIELLE MELATTO RA: 080276784

LUCIANA VEIGA RA: 090464575

SUELEN Rodrigues RA: 090667271










GRUPOS E EQUIPES DE TRABALHO NAS ORGANIZAÇÕES.
























SÃO BERNARDO DO CAMPO

2012





CHÉLIDAMARAINS RA: 090712790

cRISTINA BERTOLLI RA:

ELTHON CORREA RA: 090384911

GRACIELLE MELATTO RA: 080276784

LUCIANA VEIGA RA: 090464575

SUELEN Rodrigues RA: 090667271










GRUPOS E EQUIPES DE TRABALHO NAS ORGANIZAÇÕES.













 
 
 
 
 

SÃO BERNARDO DO CAMPO

2012

Grupos e Equipes de Trabalho nas Organizações.



Introdução.Neste capítulo você encontrará um conjunto de informações relacionadas ao funcionamento de grupos e equipes de trabalho, assim como as peculiaridades que caracterizam os seus membros. O capítulo estará dividido em duas sessões sendo que, na primeira, o foco recai sobre os grupos, enquanto que na segunda enfatiza o estudo das equipes de trabalho.


Importância de Estudar os Grupos.Quase nunca nos apercebemos que vivemos em contato direto com os grupos e as instituições. Somente quando nos afastamos ou perdemos um grupo de referência, é que sentimos o quanto estávamos envolvidos por este meio ambiente, que nos abraça de forma sutil, tão cotidiana, que temos como um fato, pouco nos importa com ele.
Pois de maneira parecida ocorre com os grupos. De tão habituados aviver em relação com os demais, poucas vezes nos damos conta da sua importância ou de sua influência em nossos comportamentos ou em nossas decisões. Mostrar a relevância dos grupos em nossas vidas, chamando mais atenção para os seus aspectos organizacionais, porém sem perder de vista outros contextos diferentes das organizações.
A vida humana é grupal. Têm um modo próprio de comportar-seque ao mesmo tempo reflete a sua individualidade, mas também o grupo de referência que pertence. Isto é importante porque é este grupo de referência que o faz se sentir apoiado no seu comportamento emitido. Ás vezes um comportamento pode se manifestar inadequado em um determinado contexto, porque o seu emissor estava utilizando como referência um grupo distinto áquele com o qual está interagindomomentaneamente.
Grupo de referência- aquele no qual o indivíduo é motivado a manter relações. Quando um grupo de relações torna-se um grupo de referência, este passa a desempenhar um papel normativo no comportamento do indivíduo. Vale ressaltar, ainda, que um grupo normativo tem a função de imprimir aos seus membros valores e normas amplamente compartilhadas pela sociedade.
O fatode estarmos em um ambiente novo faz com que momentaneamente nos encontremos fragilizados e buscando formar um esquema conhecido que nos permita sentir-nos outra vez em ambiente seguro. Imagine em situações de maior ambiguidade ou nas quais o futuro está em jogo, como em um trabalho novo, e verá a importância de cuidarmos atentamente em entender as normas e regras de grupos, de maneira quepossamos auxiliar as pessoas a encontrarem e construírem circunstâncias que lhes sejam mais favoráveis, gerando como consequência padrões de comportamentos que satisfaçam ás normas organizacionais.

Definição e Características dos Grupos.

Uma definição que tem se mostrado adequada é a de que um grupo é um conjunto formado por duas ou mais pessoas que para atingir determinado (os) objetivo(os) necessita algum tipo de interação, durante um intervalo de tempo relativamente longo, sem o qual seria mais difícil ou impossível obter o êxito desejado.
Os grupos possuem determinadas características, ou seja, as pessoas se conhecem entre si, existe uma relação face a face; compartilham objetivos e aceitam as normas construídas pelo próprio grupo. Geralmente damos pouca atenção de que...
tracking img