Grupos de encontro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
GRUPOS DE ENCONTRO
No âmbito do trabalho proposto para esta unidade curricular decidi investigar e discorrer sobre os “Grupos de Encontro”, um dos métodos pedagógicos da educação não formal. Mas, para escrever sobre este método, torna-se necessário começar por falar da pessoa que criou esse conceito teórico-prático – Carl Ransom Rogers (1902-1987). Carl Rogers foi um dos mais influentespsicólogos americanos e é considerado um precursor da Psicologia Humanista, tendo revolucionado a psicoterapia através do seu conceito de “terapia centrada na pessoa”. Escreveu mais de 250 artigos e cerca de 20 livros, sozinho ou em co-autoria, entre os quais se destacam o livro “Tornar-se pessoa” em 1961 e o livro “Grupos de Encontro” publicado em 1970.
Os seus estudos deram origem à Teoria Rogeriana:Aprendizagem Centrada na Pessoa
“O único homem que se educa é aquele que aprendeu como aprender; que aprendeu como se adaptar e mudar; que se capacitou de que nenhum conhecimento é seguro, que nenhum processo de buscar conhecimento oferece uma base de segurança”. “Não podemos ensinar, apenas podemos facilitar a aprendizagem” .

A teoria de Carl Rogers remete-nos para uma reflexão sobre adistinção que ele faz entre aprendizagem sem significado, opressiva e alienante (a educação formal) e a aprendizagem significativa, empírica, que envolve a pessoa na sua globalidade (educação não formal), impelindo-nos ao desenvolvimento de uma postura crítica no sentido de propor alterações a esse processo apontando caminhos para a construção de uma aprendizagem mais significativa para o formando,onde esta
“é mais que uma acumulação de factos, é uma aprendizagem que provoca uma modificação, quer seja no seu comportamento, na orientação futura que escolhe ou nas suas atitudes e personalidade. É uma aprendizagem penetrante que não se limita a um aumento de conhecimentos, mas que penetra profundamente todas as parcelas da sua existência". Voltada para uma abordagem centrada na pessoa e em queo professor não interfere directamente no campo cognitivo e afectivo do aluno, a proposta de Rogers implica num modelo de educação em que o indivíduo tem liberdade e responsabilidade na escolha dos caminhos a percorrer na construção do conhecimento e que este só se concretiza quando o aluno é um agente activo e o professor visto como um facilitador nesse processo”.

Nessa perspectiva, oestudante transforma-se na figura central da sala de aula, podendo seleccionar conteúdos que considera mais importantes para a sua vida e mantendo, a partir dessa nova posição, uma relação interpessoal com o facilitador que, por sua vez, deve ser autêntico, confiar nos potenciais de cada aluno possibilitando a liberdade de expressão sem nenhum preconceito ou aversão e, ao contrário da aplicação de umaavaliação formal, facilitando o processo de autocrítica e auto-avaliação por parte do aluno.
Esta abordagem humanista da aprendizagem centrada na pessoa feita por Rogers constituiu um enorme contributo para a compreensão da aprendizagem dos adultos e, nesse ponto de vista, penso que é interessante verificar a actualidade do seu pensamento reproduzindo aqui a sua resposta a uma pergunta que lhe foicolocada sobre como ele via o sistema escolar vigente nos Estados Unidos:
“até recentemente, a ênfase em mais escolas, mais educação para todos e o facto de uma pessoa nada poder fazer se não tiver um diploma universitário resultaram num modo mais mecânico de educação, tentando preparar as pessoas para uma sociedade mecanicamente orientada. De uns tempos para cá, no entanto, têm ocorridomudanças que dão maior ênfase à liberdade no aprendizado em que o indivíduo pode escolher o que é de maior significado para a sua vida e aprender isso. Assim, ele é levado a um processo de aprendizagem constante em vez de uma educação mecanicamente orientada, que geralmente faz as pessoas sentirem que finalmente acabaram o curso, já têm seu diploma, então não precisam estudar mais. O aprendizado...
tracking img