Gregos e mitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (624 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
• Acreditariam os gregos nos seus mitos? •

O mito era um tema de reflexões graves, a questão de saber se têm um conteúdo autêntico era de grande relevância. Era preciso decidir se os mitosnão passavam de contos vãos, ou se são história alterada.
Para um grego um mito era uma verdade alterada pela ingenuidade popular que terá como núcleo autêntico, pequenos pormenores que sãoverdadeiros, visto que não têm nada de maravilhoso, tais como o nome dos heróis e a sua genealogia.
De facto, a mitologia grega, cuja ligação com a religião era mais do que lassa, no fundo não foimais que um género literário muito popular, sobretudo oral. Estas “lendas” eram tidas como verdadeiras, no sentido em que não se duvidava delas, mas também não se acreditava nelas como se acredita nasrealidades que nos rodeiam.
Os mitos gregos, recheados de maravilhoso, situavam-se num passado intemporal, de que apenas se sabia que era anterior, exterior e heterógeneo ao tempo actual.“Passavam-se” antes, durante as gerações heróicas, em que os gregos ainda se misturavam com os humanos. O tempo e o espaço da mitologia eram secretamente heterogéneos aos nossos. Um grego situava os deusesno céu, no entanto ficaria estupefacto se os visse no céu. Compreenderia então que aos seus próprios olhos, o tempo mítico não tinha mais do que uma vaga analogia com a temporalidade quotidiana. Asgerações heróicas situavam-se do outr lado desse horizonte de tempo, num outro mundo. O mito tinha um conteúdo que se situava numa temporalidade nobre e platónica, dotado de uma espécie de letargia, dehesitação entre a verdade e a ficção. O mito era um tertium quid, nem verdadeiro nem falso. O universo intelectual era exclsusivamente literário, os mitos verdadeiros e as invenções dos poetassucediam-se aos ouvidos dos auditores que escutavam sem qualquer interesse em separar a verdade da mentira e não se chocavam com ficções que não iam contra a autoridade de nehuma ciência. Escutavam assim...
tracking img