Gravidez

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (430 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Gravidez na adolecencia

Segunda a apresentar
Repercussão na menina
Ao engravidar, a jovem tem de enfrentar, paralelamente, tanto os processos de transformação da adolescência como os dagestação. Isto, nesta fase, representa uma sobrecarga de esforços físicos e psicológicos tão grande que para ser bem suportada necessitaria apoiar-se num claro desejo de tornar-se mãe. Porém, geralmente não éo que acontece: as jovens se assustam e angustiam-se ao constatar que lhes aconteceu algo imprevisto e indesejado. Só este fato torna necessário que seja alvo de cuidados materiais e médicosapropriados, de solidariedade humana e amparo afetivo especiais. A questão é que, na maioria dos casos, essas condições também não existem. Muitas vezes, a dificuldade de contar o fato para a família ou atémesmo constatar a gravidez faz com que as adolescentes iniciem tardiamente o pré-natal – o que possibilita a ocorrência de complicações e aumento do risco de terem bebês prematuros e de baixo peso. Alémdisso, não é raro acontecer, em seqüência, uma segunda gravidez indesejada na jovem mãe. Daí a importância adicional do pré-natal como fonte segura de orientação.

Aborto

1°O que é ?
DEFINIÇÃO:O aborto é a morte de uma criança no ventre de sua mãe produzida durante qualquer momento da etapa que vai desde a fecundação (união do óvulo com o espermatozóide) até o momento prévio ao nascimento.6° Traumas das mulheres
A síndrome pós-aborto, conhecida também como síndroma pós-traumático pós-abortivo ou por síndroma do trauma abortivo, é uma síndrome de características psicopatológicasque alguns médicos sustentam ocorrer nas mulheres após um aborto provocado.[1].
Há vários relatos de problemas mentais relacionados direta ou indiretamente ao aborto; uma descrição clássica pode serencontrada na obra "Sobre a Psicopatologia da Vida Cotidiana", de Sigmund Freud [2]. No livro "Além do princípio de prazer", Freud salienta: "Fica-se também estupefato com os resultados inesperados...
tracking img