Gravidez na adolescência

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1139 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA |
A taxa de gravidez em mulheres adultas está caindo. Em 1940, a média de filhos por cada mulher era de 6. Essa média, calculada no ano de 2000 caiu para 2,3 filhos para cada mulher. Porém, o mesmo não acontece com as adolescentes. Segundo os dados do IBGE, desde 1980 o número de adolescentes entre 15 e 19 anos grávidas aumentou 15%. Só para ter idéia do que issosignifica, são cerca de 700 mil meninas se tornando mães a cada ano no Brasil. Desse total, 1,3% são partos realizados em garotas de 10 a 14 anos.

Apesar do aborto ser uma prática proibida no Brasil - salvo em alguns casos - mais da metade das adolescentes grávidas da classe média alta, fazem uso dessa prática, quando não podem ou não querem essa gestação (de acordo com os dados daANDI - Agência de Notícias dos Direitos da Infância - ano 6, nº 277, setembro de 2002).

Isso não quer dizer que as adolescentes pertencentes a uma classe social mais baixa não praticam o aborto. Praticam sim, e pior, utilizam métodos caseiros que uma "amiga" disse que dá certo, objetos pontiagudos para atravessarem o canal do útero, remédios sem indicação médica..., pondo em risco muito maior asua vida, do que se fosse feito por um profissional qualificado num local adequado para tal precedimento.

Já não causa tanto espanto sabermos que meninas de 10, 11, 12 anos tenham vida sexual ativa, assim como aparecem em consultórios portando alguma doença sexualmente transmissível (DSTs) e ou grávida.

O que levaria então essas adolescentes a engravidar? Nunca foi tão divulgado os meios paraevitar a gravidez como nos dias atuais, e mesmo assim, o número de adolescentes grávidas á cada vez maior. Existem vários fatores que contribuem com esse quadro:

• Os repetidos casos que aparecem nos consultório de psicólogos e médicos, apontam que muitas dessas adolescentes possuem um desejo de serem mães, da qual elas não tem consciencia.
• A falta de um projeto de orientação sexual nasescolas, família, comunidade de bairro, igrejas.
• A mídia é outro vilão nessa questão, exagerando na erotização do corpo feminino.
• Algumas pessoas que são vistas na passarela, revista, cinema e televisão são para os adolescentes verdadeiros ídolos, ídolos esses que passam uma imagem de liberação sexual, e a tendência de um fã é sempre copiar o que seu ídolo faz.
• A falta de informação dospais de adolescentes é um fator fundamental. Não havendo em casa alguém que possa informa-los, que sirva de modelo, que tire suas dúvidas e angústias, como esperar dos adolescentes comportamentos mais adequados? Como querer que eles aguardem o tempo mais adequado para aproveitar a sexualidade como algo bom, saudável e necessário para o ser humano?
Devido a questões culturais, vergonha,preconceitos, muitos pais tem dificuldade de falar sobre sexualidade com o filho. Na maioria das vezes os recados são dados de forma indireta, e que nem sempre o filho entende. Como por exemplo: "Não vá aprontar"."Olha lá o que vai fazer". Ou usa histórias envolvendo alguma conhecida, como: "viu o que aconteceu com a fulana?". Em muitos casos a orientação sexual dos pais para os filhos, se limita a dizerpara as meninas, sobre os cuidados que elas devem tomar com relação à higiene no período menstrual. E para os meninos, dizem: Cuidado para não pegar nenhuma doença.

Nós vivemos hoje numa sociedade onde alguns valores estão invertidos. Por exemplo, num grupo de amigas a questão da virgindade perdeu seus valores (se é que servem para alguma coisa), muito pelo contrário é motivo para gozação dasamigas. Por esse motivo, mesmo que ela não esteja com vontade e preparada, passa a adotar um comportamento de procurar um parceiro. Desse modo ela não será mais motivo de gozação no seu grupo. Terá histórias das suas aventuras para contar. Não será mais "careta".
Os adolescentes, além de serem bombardeados pelas transformações fisiológicas e anatômicas, estão envolvidos também seus sentimentos...
tracking img