Grandes lideres

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1955 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Grandes nomes inspiram liderança
O que os grandes líderes da História têm a ensinar para os executivos?
A todo momento reescreve-se a História da Humanidade. Seja através das grandes realizações das personalidades que atuam ativamente no cenário global ou por meio da vida cotidiana que se modula e se transforma constantemente. E assim, nessa ciranda, uma nova História se faz presente. Líderessurgem com a mesma velocidade que outros desaparecem. E será que esse legado deixado por grandes nomes da História pode nos ensinar algo? O que o meio empresarial tem a aprender com eles?
Uma consulta ao historiador Fábio Paiva pode elucidar algumas dessas questões. “Os executivos de hoje podem aprender e muito com esses líderes, tanto com seus acertos, quanto com seus erros”, diz ele. Paivaacrescenta que a atuação dessas lideranças sempre refletiu um contexto histórico que permeava a sociedade. Logo, as atuais lideranças, além de se espelharem em heróis do passado, devem “traduzir em atitudes e realizações, os anseios latentes da sociedade”.
Quando Churchill, Napoleão, Gandhi, Mandela e Zumbi dos Palmares fizeram acontecer no passado, jamais imaginariam que seus legados seriam tãoinspiradores em pleno século 21. Eles simplesmente fizeram o que tinha de ser feito naquele momento, naquele contexto social. A seguir, vejamos como a experiência de cada um pode servir de lição para o mundo empresarial.
Winston Churchill (1874 - 1965)
Foi o primeiro-ministro inglês de 1940 a 1945, durante a Segunda Guerra Mundial. Após assumir o cargo, em 1940, conclamou o povo britânico àresistência. Aproximou-se do presidente dos EUA, Franklin Roosevelt, visando a entrada definitiva dos americanos na guerra.
Era dono de uma ótima oratória, que contribuiu para aumentar a auto-estima da população massacrada pela guerra. Em 1945 perde as eleições para os trabalhistas (ele era do Partido Conservador), mas volta ao cargo em 1951 (e fica até 1955). É considerado um dos maiores estadistasda História.
Churchill foi um símbolo de perseverança e de resistência. Quando a Inglaterra estava sendo bombardeada pelos nazistas na Segunda Guerra Mundial, grande parte da população inglesa já dava como certa a ocupação alemã. Mas ele não. “Ele foi o ícone dessa resistência. Além disso, utilizou-se muito da cooperação com outros Estados, como os EUA, ou seja, desenvolveu uma importanteestratégia de alianças”, diz Paiva.
Para os dias de hoje, talvez a maior lição deixada por Churchill seja a da liderança cooperativa, ou seja, se valer de alianças e cooperações estratégicas para exercer uma liderança no ambiente de trabalho. Além disso, sua resistência em tamanha situação adversa é admirável. “Churchill é uma inspiração em resistência mesmo quando tudo parece estar perdido”, avaliaPaiva.
Napoleão Bonaparte (1769 - 1821)
Com apenas dez anos de idade, Napoleão Bonaparte foi enviado por seu pai a uma escola militar. Sua grande determinação fez com que ele chegasse ao cargo de tenente de artilharia aos tenros 19 anos de idade. Aos 27, já era general e o fascínio que exercia frente aos seus soldados só crescia. Com 30 anos, se tornou cônsul da França, o que equivalia ao podermáximo.
Acostumado às vitórias, Napoleão sempre queria mais. Tornou-se imperador da França em 1804 e, a partir daí, iniciou a conquista da Europa continental (com exceção de Portugal e Grã-Bretanha). Encontrando forte resistência em dominar seus inimigos ingleses, instituiu um bloqueio naval comercial ante estes.
Na investida contra a Rússia, Napoleão conhece o revés. Fiel aos seus princípios,ele resistiu em fazer uma mudança de estratégias e acabou sendo derrotado. Seu poder e sua liderança nata não foram suficientes para enfrentar o rigoroso inverno siberiano. “Quando ele resistiu em lutar contra o inverno russo, ele estava fiel aos seus princípios de acreditar em seu poder mais do que qualquer outra coisa”, observa Paiva. “Então aquilo que conseguiu mover Napoleão para um domínio...
tracking img