Gramatica aplicada ao texto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1078 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
GRAMÁTICA APLICADA AO TEXTO Prof. Luiz Serra

TUTORIAL REFERENTE AO EMPREGO DO PRONOME RELATIVO.

EMPREGO DO PRONOME RELATIVO (EXERCÍCIO INTEGRADO À REGÊNCIA).

O PRONOME RELATIVO (1) É UM ELEMENTO DE ARTICULAÇÃO DO CONJUNTO ORACIONAL, (2) REPETE ANAFORICAMENTE O CONTEÚDO SEMÂNTICO DE UMA PALAVRA ANTERIOR E EXTERIOR A SUA ORAÇÃO.

O ministro, que acabava de jantar,fumava calado e pacífico.

Machado de Assis, OC, I, 638.

A certidão foi requerida ao setor regional em cuja região esteve domiciliada a Empresa.

As pessoas em cujas palavras confiei piamente, equivocam-se na atual gestão.

Invariáveis → QUE, quem, onde

Variáveis → o qual/ os quais /a qual / as quais

cujo / cuja / cujos / cujas

quanto / quantos / - / quantas

→ Os pronomes relativos que e quem só se empregam com preposições monossilábicas.

→ As preposições com duas ou mais sílabas e as locuções exigem o pronome o qual (ou as variações a qual, os quais, as quais).

Exemplos:

►Assistimos aoespetáculo durante o qual houve manifestações de protesto.

►A pessoa com quem falamos no auditório foi o redator do discurso.

► Chegamos à ilha, por detrás da qual fica Salvador.

OBS 1.: Das preposições monossilábicas, a única que exige sempre o qual (ou variações) é sem. O encontro do sem quem é malsoante, deve-se evitar.

Estávamos esperando o secretário da mesa, sem o qual nãopodíamos iniciar os trabalhos.

OBS.2: O relativo qual (e suas flexões) deve substituir o pronome que, quando este vier distanciado de seu antecedente, ensejando falsos sentidos (para evitar ambiguidade):

Regressando a Brasília, visitamos o avô da juíza, o qual nos deixou impressionados pela cultura.

“Meritíssimo, apresento-vos Nara Santos e Pedro Lemos - remanescentes do velhopresídio federal − a qual deve estar, de imediato, na lista de libertados.”

A ANALISAR (o que revisaremos no espaço da aula)

1) “Passaremos a ouvir o discurso demagógico que a população gosta.”

Estrutura: A população gosta DO discurso demagógico: de que - do qual.

Texto formal:

“Passaremos a ouvir o discurso demagógico de que a população gosta.”================================

TUTORIAL PARA O TERMO VICÁRIO: FUNCIONA NA FRASE EM SUBSTITUIÇÃO A OUTRO.

1) O pronome pessoal de 3ª pessoa substitui um nome substantivo anteriormente citado.

Muitas pessoas têm triplo expediente. Vale o exemplo de Joana. Ela trabalha das 8h às 18h. Depois, estuda.

2) Os demonstrativos em seu uso em anáfora, quando aparecem em vez de um substantivoexpresso.

Ali só há três casas: a do meio é nossa. (a = aquela)

3) Verbos como ser e fazer , que podem substituir um verbo expresso antes.

Se dizem que o voluntarismo faz bem a alma, é porque querem enaltecer a boa prática humana. (é = dizem)

Os sem-terra ameaçavam invadir a sede da Embrapa há anos. Finalmente o fizeram (= invadiram a sede da Embrapa).
 

Umafrase jocosa atribuída a Jânio Quadros entrou no folclore. Abusou do vicário:

— Por que o senhor renunciou? - perguntaram os repórteres.
— Fi-lo (renunciei) porque qui-lo! (quis renunciar), respondeu o homem da vassourinha.

4) As partículas frasais sim e não, passam a expressar por si sós a resposta a uma indagação.

Joana saiu? Sim. (= Joana saiu. Resposta resumida por elipse)===========================

TUTORIAL 3 (Emprego da partícula SE)

► A palavra SE pode exercer diversas funções dentro da língua portuguesa. O adequado emprego da partícula contribui para harmonizar o texto, ressaltar a compreensão contextual, seja de um relatório, seja de uma composição funcional da empresa.

 
Tais funções são as...
tracking img