Governo Vargas (resumo)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (581 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Governo Vargas (1º mandato)

Getúlio Dornelles Vargas (19/4/1882 - 24/8/1954) foi o presidente do Brasil durante 1930 a 1945.
Entre 1937 e 1945 instalou a fase de ditadura, o chamado Estado Novogovernando de forma controladora e centralizadora.
Criou e implantou vários direitos trabalhistas, entre eles, o salário mínimo, Consolidação das Leis do Trabalho, semana de trabalho de 48 horas,Carteira profissional e férias remuneradas. Vargas também fez fortes investimentos nas áreas de infraestrutura: criação da Companhia Siderúrgica Nacional, Companhia Vale do Rio Doce e Hidrelétrica doVale do São Francisco.
Em 1945 Vargas sofreu um golpe militar e saiu do governo.

Substituição de importações

A partir de 1930 houve uma intensa expansão industrial no Brasil. Durante o ano de1929, houve uma crise na economia cafeeira. Para superar os efeitos de tal crise, Vargas criou o Conselho Nacional do Café, reeditando a política de valorização do café ao comprar e estocar o produto. Oesquema provocou a formação de grandes estoques em razão da falta de compradores do produto, levando o governo a realizar a queima dos excedentes. Houve um desenvolvimento do setor industrial,principalmente a parte têxtil e o processamento de alimentos. Esse desenvolvimento explica-se pela política de substituição de importações. A pauta de importações passou a ser principalmente de bens decapital e insumos industriais. Apesar do crescimento da indústria, tal medida trouxe um aumento da inflação, endividamento, concentração de renda, concentração espacial, concentração industrial e uma sériede desequilíbrios sociais.

O retorno de Vargas

Em 1951, Getúlio voltou ao poder, dessa vez com um regime democrático, sendo escolhido pelos votos do povo. Com o intuito de conseguir novasalianças para seu governo, se aliou aos que defendiam o nacionalismo e ao liberalismo. Nesse seu segundo mandado ele criou novamente empresas estatais que viriam a trazer um grande significado econômico...