Governo lula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2716 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A economia política do Governo Lula
São Paulo, Contraponto, 2007

Luiz FiLgueiraS reinaLdo gonçaLveS

eurelino coelho
Profesor de la UEFS, investigador del Laboratório de História e Memória da Esquerda e das Lutas Sociais (LABELU).

Uma contribuição à crítica da política econômica do governo Lula “Nunca antes na história deste país...”. A frase aparece quase todas as vezes que opresidente Lula da Silva fala em público. Em tais ocasiões, nada raras, ele exibe números que, supostamente, demonstrariam o quanto o seu governo supera os antecessores em todos os campos da economia e da promoção de bem estar social. As estatísticas de opinião pública parecem confirmar a fala do presidente e o acerto da sua estratégia de comunicação, já que o percentual de eleitores que aprovam o seugoverno se mantém muito elevado. Vozes de oposição têm se erguido, à direita e à esquerda, mas, aparentemente, não têm conseguido furar a blindagem que a propaganda palaciana construiu com números: aumento nos percentuais de crescimento anual do PIB e no nível de emprego, crescimento industrial, melhora na distribuição de renda com redução do número absoluto de pessoas vivendo abaixo da linha dapobreza, aumento nas exportações, redução da vulnerabilidade externa... e a lista vai quase tão longe quanto permitir a criatividade do comunicador. A mais recente jóia encastoada nesta coroa de glória foi a obtenção do investment grade: o governo comemorou o fato de que agências do capital financeiro internacional apontaram o Brasil como um lugar que oferece, agora, um pouco mais de segurança aoslucros da especulação1. Filgueiras e Gonçalves produziram uma obra capaz de desmontar esta blindagem. Seu livro não briga com os números de Lula da Silva; ao contrário, parte deles. O que os autores fazem é propor parâmetros de análise que alteram profundamente o significado daqueles números. Recusando a imediaticidade dos

214

Reseñas

A economia política do Governo Lula - Filgueiras /Gonçalves

dados como fronteira final do debate econômico, Filgueiras e Gonçalves recuperam, na melhor tradição da Economia Política, a perspectiva das classes sociais, da visão sistêmica e da historicidade. Vistos por este ângulo, os números de Lula não apenas perdem todo o brilho mágico dado a eles por um efeito de ofuscamento conseguido pelas comparações pontuais com os antecessores, como também demodo ainda mais surpreendente, revelam um perfil bastante medíocre do governo Lula quando comparado aos demais presidentes da República. A atenção dos autores se dirige, nos primeiros capítulos, para temas mais estritamente econômicos, abordados de modo a facilitar a compreensão mesmo de leitores não especialistas. Para grande desgosto de muitos apoiadores do governo, em especial os ligados ao PTe os que insistem em procurar nele algum traço que permita associá-lo às tradições “de esquerda”, Filgueiras e Gonçalves caracterizam a política econômica do governo Lula como uma fiel executora do “modelo liberal periférico”, em linha de continuidade com o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso (FHC, 1999-2002) da qual herda, mantém e aprofunda o ajuste fiscal permanente, as metas deinflação e o câmbio flutuante. Não se trata apenas de copiar um modelo teórico, mas de fazer política para os mesmos interesses de classe. O governo Lula reafirmou a política econômica herdada do governo anterior e, apoiado no melhor desempenho conjuntural do setor externo, deu novo fôlego ao modelo, legitimando-o politicamente e soldando mais fortemente os interesses das diversas frações de classesparticipantes do bloco de poder dominante (p. 112). Nos anos do primeiro mandato presidencial de Lula, a situação econômica internacional apresentou-se extraordinariamente favorável em todas as esferas. O mundo todo cresceu e puxou o Brasil com ele, e é este o principal fator responsável pelo bom desempenho de indicadores econômicos exibidos pelo governo como se fossem resultantes da política...
tracking img