Governador jeronimo moneiro do es

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O governo de Jerônimo Monteiro (1908-1912) é considerado o primeiro marco importante na industrialização no estado. Preocupado em abrir novas fontes de renda alternativas à monocultura cafeeira, incentivou a criação de indústria, concedendo insenção de impostos. Também doou terrenos e forneceu energia elétrica.
Jerônimo Monteiro argumentava que havia um movimento geral de progresso no país, doqual o Espirito Santo não participava, e por isso, embora profisse liberalismo econômico, decidira intervir diretamente na economia local. Para isso celebra inúmeros contratos para a construção de fabricas para a produção de tecidos, material silício-calcário, para aproveitamento de fibras têxteis, produção de cimento, açúcar, óleos vegetais, papel, madeira industrializada e montadora de máquinasagrícolas.
Por iniciativa do estado, o vale do Itapemirim foi transformado em pólo de desenvolvimento econômico. Para aproveitar as matérias-primas extraídas ou produzidas na região, algumas empresas foram montadas em Cachoeiro: Fábricas de tecido, cimento, papel, óleos vegetais, e uma serraria industrial. No baixo Itapemirim, uma usina hidrelétrica foi construída, gerando energia para todo odistrito industrial. Para administrar os recursos desse variados investimentos foi criado um holding estatal chamada Companhia Industrial do Espírito Santo.
Jerônimo atacou em várias frentes. Nada passou despercebido em sua gestão. Tudo, porém, tem um alto preço, e nesse caso um preço altíssimo, pois apesar de encontrar o estado em boa situação econômica, os investimentos feitos excediam a suacapacidade financeira. Ou seja, o governo contraiu dívidas enormes. Jerônimo contribuiu muito para urbanização de Vitória.
É também importante destacar o início do movimento operário no ES. Em 1908 ocorreu a primeira greve operária em Cachoeiro de Itapemirim. 800 trabalhadores exigiam o pagamento do salários. O governo pôs fim à manifestação com a ajuda do batalhão de infantaria do Rio de Janeiro.O governo Marcondes de Souza prosseguiu o projeto de desenvolvimento iniciado por Jerônimo Monteiro.
Bernardo Monteiro em 1916 se torna presidente do estado, e dá início à construção de várias estradas. Como seus antecessores, continua investindo na indústria.
Floretino Avidos constrói mais estradas e funda a ponte que liga Vitória-Vila Velha. O porto de Vitória sofre reformas e se moderniza,e foi até dotado com rebocados de submarino.
[editar] Processo de Industrialização (1930-1966)
Em 1930, ocorrem grandes mudanças no Brasil que afetaram o Espírito Santo. Antes de 30, a base econômica do Espírito Santo era essencialmente agrária. O principal produto era o café. O norte do estado era praticamente desocupado, pelo seu difícil acesso (o Rio Doce era um obstáculo terrível). Já osul prevalecia a produção cafeeira. Grandes fazendeiros dominava essa região e também a política do estado.
Os Monteiros estavam no poder abastante tempo, até que um capitão do exército assume o título de interventor do estado do Espírito Santo.
[editar] Fim da República Café-com-leite
Em 1930 chega o fim da política café-com-leite. Washington Luís queria que Júlio Prestes assumisse o cargo denovo presidente do Brasil. Isso quebraria a seqüência de alternância entre mineiros e paulistas no poder, já que Júlio era paulista como o Presidente até então no poder. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraíba formaram a Aliança Liberal, que indicou Getúlio Vargas para concorrer com Júlio. Júlio venceu, mas, alegando fraude, Vargas começou a mobilizar tenentes e soldados para uma revolta armada.O estopim foi a morte de João Pessoa (paraibano, vice na chapa de Vargas). Pós revolta tínhamos um novo presidente Getúlio Vargas.
Aristeu Borges, até então presidente do estado, apoiou Washington Luís. Quando Getúlio assumiu a presidência, Aristeu teve que se exilar. Então Getúlio nomeou um interventor para o estado: João Punaro Bley.
Bley não pega um estado em boa situação. Carente em...
tracking img