Glossario de termos utilizados da uti e medicamentos utilizados na rcp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2761 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Glossário de Termos utilizados em Terapia Intensiva - STI-HSPE
* Bipap: Aparelho utilizado para suporte a respiração de forma não invasiva, utilizando máscaras nasal ou facial, para evitar a necessidade de intubação.
* Bomba de infusão: Equipamento utilizado para infundir medicamentos e soluções com precisão e segurança.
* Capnógrafo: Equipamento utilizado para captar a saídado gás carbônico (CO2) que ocorre a cada expiração do ar de nossos pulmões. O equipamento capta o CO2 pois é interposto entre o tubo ventilatório do paciente e o ventilador mecânico. Assim sendo, geralmente é utilizado em pacientes sob ventilação artificial.
* Cateter de Swan-Ganz: Tipo de cateter instalado no lado direito do coração, e utilizado para medidas diretas de pressões edeterminação do débito cardíaco, permitindo um melhor controle da evolução clínica do paciente, facilitando as decisões terapêuticas.
* Cateter venoso central e intra-cath: Cateter introduzido em veias centrais (mais profundas), permitindo a infusão de soros, medicamentos e monitoração de pressões.
* Choque: situação em que a circulação dos órgãos é prejudicada,geralmente acompanhada de quedada pressão arterial.
* Choque séptico: situação em que a circulação dos órgãos é prejudicada,geralmente acompanhada de queda da pressão arterial. Decorre de uma infecção instalada em um ou mais órgãos , e que pode se espalhar por todo o organismo. O tratamento deve se basear em reposição de soro (volume), antibióticos e uso de drogas especiais que auxiliem a manutenção da pressão arterialaté que o organismo se recupere.
* Coma induzido: Expressão utilizada para descrever a condição de alteração da consciência pelo uso de drogas sedativas.
* Desmame da ventilação mecânica: Procedimento de gradual retirada do suporte oferecido pelo respirador mecânico. Poderá durar algumas horas ou vários dias.
* Desmame difícil: Condição clínica em que existem dificuldades parainterrupção do suporte com ventilação mecânica, relacionada a gravidade da doença atual e reserva funcional respiratória prévia
* Derrame Pleural: excesso de líquido no espaço pleural. O espaço pleural é um espaço virtual, habitualmente preenchido por 50 ml de líquido. Este espaço fica entre a parede interna da caixa torácica (revestida pela pleura chamada de parietal) e o pulmão (revestidopela pleura pulmonar). Várias causas podem causar desequilíbrio na produção e absorção contínua deste líquido pleural. Quando isso ocorre, o líquido se acumula e acaba comprimindo o pulmão. Se for um derrame pleural muito volumoso, pode afetar a capacidade de respirar do paciente. O tratamento dependerá da causa que levou ao acúmulo e muitas vezes implica em punção e drenagem do líquido paraanálise e alívio.
* Diálise: Método de substituição da atividade renal, permitindo a retirada de substâncias tóxicas ao organismo e remoção de líquidos, não eliminados pela falta de diurese. Poderá ser feita a filtragem direta do sangue(hemodiálise), ou indiretamente utilizando-se a membrana peritoneal(diálise peritoneal).
* Drenos: Tubos colocados em feridas operatórias ou cavidades,para drenagens de hematomas e outros líquidos orgânicos.
* Encoprese: Transtorno caracterizado por emissão fecal repetida, involuntária ou voluntária, habitualmente de consistência normal ou quase normal, em locais inapropriados a este propósito, conforme o contexto sócio cultural do paciente. Pode ser uma persistência anormal da incontinência infantil normal, ou perda de continência após aaquisição do controle intestinal, ou ainda de emissão fecal deliberada em locais não apropriados a despeito de um controle esfincteriano normal. A encoprese pode constituir um transtorno isolado, ou fazer parte de um outro transtorno, um transtorno emocional, ou transtorno de conduta. Assim deve-se investigar 3 situações: - Encoprese funcional,  psicogênica e diferenciar com incontinência fecal...
tracking img