Globo esporte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3553 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ISSN 2176-185X

ANO 1 VOL 1 JAN/JUL

Globo Esporte São Paulo: Ousadia e Experimentalismo na Produção da InformaçãoEntretenimento

Área Temática Comunicação Título do Artigo Globo Esporte São Paulo: Ousadia e Experimentalismo na Produção da Informação-Entretenimento Autora Patrícia Rangel, Mestre em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero; Professora do cursos de Jornalismo e Rádio e TV dasFaculdades Integradas Rio Branco. Email: patriciarangel@uol.com.br Resumo Este artigo se insere no debate da produção midiática contemporânea e das relações entre jornalismo e entretenimento, mídia e esporte, particularmente no que diz respeito ao novo formato do telejornal Globo Esporte São Paulo. Tem como objetivo discutir as principais mudanças do programa, principalmente em sua narrativa erefletir se hoje sua linguagem transita mais entre o jornalismo ou o entretenimento. Palavras-chave Jornalismo Esportivo; Globo Esporte; Entretenimento; Telejornalismo; Tiago Leifert

Introdução Este artigo se insere no debate da produção midiática contemporânea e das relações entre jornalismo e entretenimento, particularmente no que diz respeito às relações entre mídia e futebol. O esportepossui elementos fortes de espetáculo e aliado à televisão e às novas tecnologias produz um show de diversão. Aborda, em especial, o novo formato do telejornal Globo Esporte transmitido no Estado de São Paulo e analisa sua linguagem que transita entre o jornalismo e o entretenimento. De acordo com os autores da Escola de Frankfurt, a Indústria Cultural existe para nos entreter, para nos divertir. Équando estamos vivendo nosso momento de lazer que a indústria de consumo age. Se no trabalho não podemos fazer isso tão abertamente é no lazer que fazemos. É também no lazer que nós desempenhamos uma função primordial para a sociedade capitalista, que é consumir. O indivíduo, nesta mesma sociedade capitalista, valoriza seus momentos de lazer, de folga, para sair da rotina de seu trabalho. SegundoAdorno e Horkheimer, (ADORNO e HORKHEIMER, 1985: p. 128) a diversão é procurada por quem quer escapar ao processo de trabalho mecanizado, para se pôr de novo em condições de enfrentá-lo. A Indústria Cultural incentiva à produção de mercadorias destinadas a diversão e também incentiva o consumo de bens dessa mesma indústria. Adorno e Horkheimer chegam a afirmar que o controle da Indústria Culturalsobre os consumidores é mediado pela diversão. Podemos observar que os programas esportivos, principalmente aqueles transmitidos aos domingos, durante a folga destes consumidores, são cada dia mais movidos pela diversão. Os apresentadores se desdobram em entreter seus telespectadores com prêmios, piadas, risadas, humilhações de colegas, vale até encenar algum papel neste espetáculo. Há destaque notexto da Indústria Cultural de Adorno e Horkheimer quanto a este aspecto circense: A Indústria Cultural conserva o vestígio de algo melhor nos traços que a aproximam do circo, na habilidade obstinada e insensata dos cavaleiros, acrobatas e palhaços, na defesa e justificativa da arte corporal em face da arte espiritual”. (ADORNO, 1985. p. 134) Em vários programas, estes jornalistas


assumem umpapel teatral na atração, sendo um o bonzinho, o outro o ranzinza, o ingênuo, o seguinte o bravo. Com isso, as discussões crescem, tornam-se até polêmicas gerando audiência. Na Indústria Cultural, tudo se torna negócio. Depois que o futebol foi assimilado pelas massas, ele passou a ser apreciado como espetáculo por meio das imagens veiculadas pela televisão, num fenômeno produzido com as mais altastecnologias, incorporando beleza ao gesto técnico, buscando a imagem mais que espetacular. Na verdade, isto não acontece somente com o futebol, mas sim com todo esporte que consegue atingir às massas e fornecer imagens espetaculares aos telespectadores. Ou seja, o esporte parece ser o parceiro preferencial da espetacularização na mídia televisiva, porque oferece, em contrapartida, o show já...
tracking img