Gestao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (261 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
P-3 Analise a possibilidade de uma reconfiguração organizacional seja mesmo uma resposta irrelevante para o que aflige a general Motors.
R- Já no passado quando WilliamDurant tomava as rédeas da empresa, em que se regia por uma configuração mais clássica, um pouco mais fechada, relativamente centralizada, onde valorava uma abordagem um poucomais universal, até a fase de Sloan quando começou a sua fase de descentralização entre 1937 e 1956, criando uma estrutura organizacional por divisões, todas elasindependentes. Deu frutos durante algum tempo mas as suas limitações estariam para chegar, a partir do momento em que um corpo muito extenso de assessores, que tomaram conta dastomadas de decisões da empresa nas suas unidades de linhas, originando discussões constantes. Adoptou-se então em 1981 uma redefinição da sua estratégia organizacional, andandoum pouco para trás, pois já não faria sentido uma descentralização extrema, mas faria todo o sentido uma abordagem um pouco mais contingencial visto que estriamos a entrarna era da tecnologia, onde o ambiente começa a ser de uma prioridade total. Aqui nesta fase extinguiu-se 3 divisões. No passado a reconfiguração organizacional fez todo osentido, porque a partir dessas práticas, melhores lucros e rentabilidade se extraiu. Já com Jack Smith, Robert stempel e Roger Smith, qualquer reconfiguração não iriaresultar, sendo assim a reconfiguração Organizacional uma resposta irrelevante para o que aflige a General Motors, neste momento
A crise nos mercados ou qualquer política paraalterar esta situação seria desnecessária, não iria surtir qualquer efeito, pois não se consegue enfrentar a concorrência global, uma luta impossível contara globalização.
tracking img