Gestao democratica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6338 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
Programa de Pós-graduação em Educação
Curso de Mestrado Acadêmico em Educação.








TEMA:

A RELAÇÃO TRABALHO E EDUCAÇÃO NO CONTEXTO DOS ACODOS DE PESCA EM CAMETÁ/PA: Uma alternativa econômica ou uma prática de resistência?[1]


José Domingos Fernandes Barra[2]

DEFINIÇÕES METOLOGICAS.

O método não é um roteirofixo, é uma referência. Oferece a orientação de base necessária à garantia de consistência e validade da pesquisa. Algumas características;

OBJETIVOS
- Compreender como se da a relação trabalho e educação nas comunidades de pescadores tendo como referencia os acordos de pesca

- Analisar os acordos de pesca construídos pelos pescadores artesanais a partir da organização política por meio daentidade de classe, a Colônia Z-16;

- Identificar se existe a partir dessa experiência dos acordos de pesca um processo formativo.

- Entender de que forma vem sendo alterado ou não os modos de vida e a pratica dos pescadores artesanais a partir dos acordos de pesca

- Investigar se essa experiência implica em um novo tipo de aprendizagem e configura um novo tipo de trabalho para os pescadoresartesanais

APORTE TEORICO – ENFOQUE - Materialismo Histórico Dialético
A escolha da perspectiva teórica já revela um modo particular de ver o fenômeno e interpretá-lo que deve ser feito de forma crítica. Nascem do embate das idéias, perspectivas , teorias , com a prática. Não são somente um conjunto de passos que ditam um caminho. São um conjunto de crenças, valores e atitudes.
Ascontribuições teóricas do materialismo histórico subsidiam as análises de forma que as deduções e interpretações que fazemos perpassam pela contextualização sociopolítica e histórica, visto que estudar os acordos de pesca é dar conta de analisar numa relação contraditória como estas práticas são.
ABORDAGEM - QUALITATIVA
Esta pesquisa pauta-se na abordagem qualitativa, por defender umavisão ampla ao mesmo tempo integrada do objeto a ser investigado.
A opção pela pesquisa qualitativa, além da visão holística, se pauta na flexibilidade de investigar o objeto de estudo levando em consideração que, no momento oportuno, pode haver a necessidade de modificar alguns elementos da pesquisa, como por exemplo, mudanças de categorias, e outros elementos que porventura podemaparecer. Para Alves-Mazzotti e Gewandsznnajder, (2002, p. 147) “as investigações qualitativas, por sua diversidade e flexibilidade, não admitem regras precisas, aplicáveis a uma ampla gama de casos”. O saber e a atuação política do trabalhador da Colônia estão relacionados num contexto que envolve o social, o cultural, político e entre outras dimensões.
Na pesquisa qualitativa, opesquisador é o instrumental principal e o processo é mais importante que o produto.
TIPO DE PESQUISA – ESTUDO DE CASO
Para Bogdan e Biklen (1994, p. 89) “o estudo de caso consiste na observação detalhada de um contexto, ou indivíduo, de uma única fonte de documentos ou de um acontecimento específico.
O estudo de caso se configura como um processo amplo que se vai estreitando, comomenciona Bogdan e Biklen (1994, p. 90) “de uma fase de exploração alargada para uma área mais restrita de análise dos dados coligidos.
CICLOS/PROCESSOS DE PESQUISA
▪ Planejamento da Pesquisa (Projeto )
▪ Coleta dos Dados
▪ Sistematização dos Dados
▪ Análise dos dados
▪ Resultados (Elaboração escrita)


CAPITULO 2 – EDUCAÇÃO E MOVIIMENTO: A FORMAÇAO SOCIAL DO PESCADORARTESANAL.

2.1 – A HISTÓRIA DE FORMAÇÃO DO PESCADOR ARTESANAL
Compreender a trajetória social de formação do pescador artesanal, levando em consideração aspectos como comportamentos, confiança, compromisso, solidariedade, redes e valores, contribuem para os processos de inovação e de aprendizado a que estiveram associados.
A história de formação desse pescador está ligada a...
tracking img