Gestante portadora de hepatite b

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4215 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O presente estudo de caso foi desenvolvido com base nos dados obtidos de uma puérpera portadora de Hepatite B (VHB). Trata-se de uma pesquisa descritiva qualitativa, O cenário do estudo foi a maternidade do Hospital Regional do Vale do Ribeira (HRVR), localizado na cidade de Pariquera-Açu. O foco deste trabalho é descrever os cuidados necessários ao binômio mãe-filho, e elaborar umplano assistencial de enfermagem eficaz e humanizado.

HISTÓRICO
- Anamnese:
S.C.R.. 30 anos, sexo feminino, amasiada, gestante, branca, brasileira, residente no município de Cananéia.
Tercigesta, realizou o pré-natal onde fez os exames de Grupo Sanguíneo ABO e Fator Rh (D), Ultrassonografia, Reação de VDRL, Anticorpo anti HBc Total, Antígeno de Superfície da Hepatite-B HBsAg, Dosagem deGlicose, Urina Tipo I, Parasitológico de Fezes, ANTI-HIV (etapa I), Imunofluorescência para HIV (Etapa II), Quantificação do RNA HIV-1, Hemograma Completo, Dosagem de Sódio, Potássio, de Uréia, Creatinina, Bilirrubina, Transaminase Glutâmico Oxalacética – TGO, Transaminase Glutâmico Pirúvica – TGP e Coombs Indireto, onde após a chegada do resultado descobriu que é portadora do vírus da Hepatite B.No dia 13/06/2011, ás 2h00min apresentou-se ao HRVR e após avaliação do G.O, onde viu a IG: 38 semanas, bolsa rota, feto único, cefálico, com dorso à direita, f.c.: 153, atividade cardíaca rítmica, anatomia fetal preservada, foi admitida no C.O, onde foi realizado puncionamento de MSE para administração de Cloreto de Sódio 0,9% em 500 ml. Durante o período noturno relatou queixas álgicas.
Pelamanhã tomou banho e aguardou a avaliação.
Ao exame físico apresentou-se orientada, consciente, deambulando, mamas cheias, mamilo semi-protuso, abdome gravídico com BCF: 140bpm, MMSS sem alterações, MMII apresenta edema moderado.
Aos SSVV apresenta normotensa (PA: 130x90mmHg), normocardica (P: 88bpm), normotermica (Tax: 36,4ºC), eupneica (R: 18mrpm) e saturação 97%.
As 9h00min foi administradosytocinon 1gr em 500ml de Cloreto de Sódio. As 10h00min foi realizado clister com solução de glicerina 12%, conforme prescrição médica.
As 11h00min após avaliação médica e exame de toque confirmou início de dilatação, foi encaminha ao banho. As 11h30 deambulando, foi levada a sala de parto, onde exatamente às 11h47min foi realizado parto normal, sendo necessário a episiotomia. com dequitação daplacenta, lóquio sanguinolento em quantidade moderada e involução uterina abaixo da cicatriz umbilical. Boa relação mãe e filho, binômio encaminhados ao AC, onde não precisaram ficar isolados.

- Exame Físico:
Ao exame físico apresenta-se orientada, consciente, contactuando, deambulando, mamas cheias, mamilo semi-protuso, abdome gravídico com BCF: 140bpm, MMSS sem alterações, MMII apresentaedema moderado, apresentou evacuação.
Foram puncionamento de MSE com gelco 20 para administrar Cloreto de Sódio 0,9% em 1000ml.
Aos SSVV apresenta normotensa (PA: 130x90mmHg), normocardica (P: 88bpm), normotermica (Tax: 36,4ºC), eupneica (R: 18mrpm) e saturação 97%.

 

Diagnóstico clínico:

A paciente foi diagnosticada com Hepatite B crônica, sem necessidade de tratamento medicamentoso.FISIOPATOLOGIA
 Os portadores crônicos de hepatite B apresentam maior risco de morte por complicações relacionadas a hepatite crônica, como cirrose e carcinoma hepatocelular (CHC).
O vírus que causa a hepatite B (VHB) é um vírus DNA, transmitido por sangue (transfusões, agulhas contaminadas, relação sexual, após o parto, instrumentos cirúrgicos ou odontológicos, etc.). Não se adquire hepatite Batravés de talheres, pratos, beijo, abraço ou qualquer outro tipo de atividade social aonde não ocorra contato com sangue. Após a infecção, o vírus concentra-se quase que totalmente nas células do fígado, aonde seu DNA fará o hepatócito construir novos vírus.

Hepatite Crônica
   Em cerca de 3-8% dos adultos, a defesa imunológica não consegue destruir as células infectadas e a inflamação...
tracking img