Gestalt

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2660 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO




Introdução 03
1.0 - Gestalt 04
2.0 - O que é a Gestalt Terapia 07
2.1 - História 07
2.2 - Uma nova visão do ser Humano 10
2.3 - Gestalt Terapia 12
3.0 - Princípios da Gestalt 14
4.0 - Exemplos 15
Considerações Finais 16
Referências Bibliográficas 17INTRODUÇÃO

Este trabalho abrange conceitos, história, exemplos entre outros exposições que melhor detalham a Gestalt.


















1.0 - GESTALT
Os gestaltistas consideram como sendo o mais significativo aspecto da experiência sua totalidade e inter-relacionamento. Para eles, qualquer tentativa de analisar o comportamento em partes estava condenada a falhar porqueperdia a mais importante e distintiva característica da experiência - sua totalidade, organização e configuração. Nenhum estímulo tem um sentido ou significado constante; tudo depende do padrão de eventos circundantes. A água morna é sentida como quente por uma pessoa que tenha estado com a mão imersa em água gelada, mas é sentida como fria quando a mão esteve anteriormente na água quente. Umapessoa de 1,80 parece pequena quando jogando basquete em uma equipe profissional, mas parece um gigante quando se encontra entre pigmeus.
A abordagem fenomenológica, dirigiu o interesse da psicologia da Gestalt para os processos de pensamento, raciocínio e solução de problemas. Outra área que ela produziu impacto foi particularmente a da percepção-visual.
Uma importante lei de organização perceptualda Gestalt é a de agrupamento perceptual. Tendemos a organizar nosso campo ou mundo visual em grupos significativos de objetos, configurações ou estímulos. O agrupamento ilustra claramente a noção geral da Gestalt de que o todo é diferente da soma de suas partes. Uma cena global, portanto, depende de como você vê a relação figura-fundo e de como as várias partes da cena estão organizadas umas emrelação às outras. Os itens são agrupados em termos de:
Proximidade. Itens próximos um ao outro são percebidos como um todo.
Semelhança. Itens que se parecem mais estreitamente uns com outros são percebidos como unidades.
Simetria. Itens que formam unidades simétricas são agrupados juntos.
Fechamento. Itens são percebidos como formando uma unidade completa, mesmo que estejam interrompidos porlacunas.
Continuação. Itens com as mínimas interrupções são percebidos como unidades.
A Psicologia da Forma, como também é conhecida a Gestalt, teve em Kurt Koffka (1886-1941) o seu psicólogo voltado ao desenvolvimento infantil e em Wolfgang Köhler (1887-1968) o seu pesquisador do processo da aprendizagem. A eles veio juntar-se mais tarde Kurt Lewin (1890-1947), que desenvolveu uma variação daGestalt, conhecida como teoria de campo, porque entende que o ser humano age num mundo de forças (vetores) com cargas (valências) positivas ou negativas. Assim, Lewin usa termos como locomoção, vetor, valência, retrogressão, pouco comuns nas obras de outros psicólogos.
Para Lewin, a percepção de um objeto ou fenômeno pode dar nascimento a uma tensão psicológica (por exemplo, um desejo), ou podecomunicar-se com um estado de tensão já existente, de tal modo que esse sistema de tensão assuma com ele o controle da conduta motora. As valências (atrações e repulsões de objetos - meta percebidos) atuam como forças ambientais que guiam a conduta subseqüente. Então essa conduta leva ao saciamento ou à resolução da tensão, de modo que haja aproximação de um estado de equilíbrio. Eis algunsprincípios da teoria topológica:
a) Espaço vital. O espaço em que vivemos é psicológico, não físico. Duas pessoas que caminham pela rua se destinam a lugares diferentes; quando andam, o lugar em que andam tem diferentes significados para ambos. Meu espaço vital é o que vivo psicologicamente, visto de minha posição. O espaço vital é quase físico, quase social e quase conceptual. Está condicionado e...
tracking img