Gestão operacional das upa's

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6797 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca
Curso: Engenharia de Produção
Disciplina: Gestão de Operações Aplicada a Serviços de Saúde
Professora: Raquel Flexa







Relatório do Trabalho Final
Melhora no atendimento e redução de filas nas UPAs





Grupo:
Cássio Julian
Rafael Russomano
Renata Dantas
Rio, 12 de novembro de 2010Sumário
1- INTRODUÇÃO - UPA 3
1.1 – INFORMAÇÕES GERAIS 5
1.2 – HISTÓRICO 6
2 – DEFINIÇÃO DO PROBLEMA 7
2.1 – IDENTIFICAÇÃO DA UPA ESTUDADA 7
2.2 – CLASSIFICAÇÃO DOS SETORES 8
2.3 – FLUXOGRAMA DE PROCESSOS 9
2.4_ – ESCOLHA DO SETOR 12
3 – ANÁLISE DA RECEPÇÃO 12
3.1 – DESCRIÇÃO DO SETOR DE PRONTO ATENDIMENTO 12
3.2 – LISTA DE PONTOS CRÍTICOS 13
3.3 – COLETA DE DADOS 14
3.4 –ANÁLISE DA ENTREVISTA COM A TENENTE GISELLE 14
3.5 – ANÁLISE DA ENTREVISTA COM PACIENTES NA UPA TIJUCA 15
4 - ALTERNATIVA NA CLASSIFICAÇÃO DE RISCO 27
5 – PROPOSTA DE MELHORIA 32
5.1 – SISTEMA DE SENHAS 32
5.2 – FILA E MÉDICO EXCLUSIVOS PARA IDOSO 33
5.3 – CHECAGEM DE SINAIS VITAIS NA ESPERA 33
5.4 - CAMPANHAEDUCATIVA.................................................................................................34
6 – RESULTADOS ESPERADOS 35
7 - CONCLUSÃO 35
8 - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 36
9- ANEXOS 37

1- INTRODUÇÃO - UPA
Antes do início da identificação da UPA, é necessária a introdução de alguns conceitos importantes referentes ao trabalho que se segue.
Um desses conceitos é em relação à diferença entre a urgência e a emergência. Segundo Brunner (2009),urgência é definida como lesões graves ou doenças que não acarretam perigo de vida imediato para o individuo; emergência é definida como lesões ou doenças com risco de vida potencial para o indivíduo, exigindo tratamento imediato.
Outro ponto a ser tratado é a diferença entre as atenções primária, secundária e terciária. Segundo David (2008), Atenção primária permite um acesso universal e continuo aosserviços de saúde com a qualidade garantida de forma a permitir o planejamento e a programação descentralizada, efetivar a integralidade da assistência, a articulação as ações de promoção à saúde, prevenção de agravos, vigilância à saúde, tratamento e reabilitação. É um trabalho interdisciplinar, em equipe, desenvolvendo relações de vínculo e responsabilização com a população local garantindo acontinuidade das ações de saúde e do cuidado. É necessário, também, a participação popular e o controle social. Como exemplo pode-se citar os postos de saúde e o Programa de Saúde da Família (PSF). Segundo Junges (2005), a atenção secundária é constituída pelos serviços especializados ambulatoriais e hospitalares. A responsabilidade desses serviços é do município. Na atenção secundária, cabem osequipamentos com grau intermediário de inovação tecnológica e a capacitação de pessoal e, em particular dos médicos que geralmente situam-se em áreas especializadas. Desta forma, este nível de atenção atende a demanda não absorvida pela atenção primária como complicações de eventos mais freqüentes ou outros mais raros que demandam assistência compatível a este nível. É o caso dos hospitais e doscentros cirúrgicos. O terceiro e último nível é conhecido como atenção terciária e, segundo Sales (2008), é aquele integrado pelos serviços ambulatoriais e hospitalares especializados de alta complexidade. Há disponibilidade para serviços de alto custo, como a quimioterapia, radioterapia, terapia, renal substitutiva, medicamentos excepcionais, hemoterapia, ressonância magnética, diagnósticosespecializados, medicina nuclear, etc. Como exemplo pode-se citar os hospitais gerais e hospitais universitários.
As Unidades de Pronto Atendimento - UPA 24h são estruturas de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares, onde em conjunto com estas compõe uma rede organizada de Atenção às Urgências. São integrantes do componente pré-hospitalar fixo...
tracking img