Gestão estratégica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6917 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A globalização e a intensificação da concorrência têm levado os
administradores a identificar, cultivar e explorar as competências
essenciais que tornam o crescimento do negócio possível e sustentável,
o que implica em repensar, constantemeente o conceito da corporação
e seus objetivos. Para tanto, a integração entre estratégia e finanças é
essencial para viabilizar o planejamento edirecionamento das ações
necessárias para o alcance dos resultados quanto a origem e
administração dos recursos financeiros. Assim, o objetivo principal
deste artigo é analisar a relação existente entre as informações
geradas pelas ferramentas e sistemas de informações adotados pela
gestão financeira e sua integração com a gestão estratégica em uma
empresa de componentes para o segmentoeletro-eletrônico do Pólo
Industrial de Manaus (PIM), Amazonas. Para tanto, um estudo
qualitativo foi empreendido usando o método de estudo de caso no
qual os seguintes instrumentos de coleta de dados foram utilizados:
análise documental, observação in-loco, e aplicação de questionário
aos principais executivos envolvidos em ambos processos. O estudo
permitiu examinar a conexão entre o planejamentoestratégico e o
financeiro; o impacto do sistema financeiro corporativo na
administração do negócio e, como os dados gerados pelas ferramentas
da gestão financeira auxiliam a gestão estratégica da empresa.
Palavras-chaves: gestão estratégica, gestão financeira, integração
XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
A integração de cadeias produtivas com a abordagem da manufaturasustentável.
Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 a 16 de outubro de 2008
XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
A integração de cadeias produtivas com a abordagem da manufatura sustentável.
Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 a 16 de outubro de 2008
2
1. Introdução
As diversas relações estabelecidas entre as organizações, seus colaboradores, fornecedores,
clientes, instituições governamentais,financeiras, entre outros são fundamentais para
viabilizar os objetivos do negócio.
Segundo Drucker (1999), a necessidade de um bom relacionamento entre a organização e seu
ambiente externo fica cada vez mais evidenciada com o advento da globalização, uma vez que
as oportunidades e a concorrência expandem seus horizontes aproximando instituições de
forma crescente e irrevogável. Com esta novarealidade, os administradores das organizações
são julgados por sua capacidade de identificar, cultivar e explorar as competências essenciais
que tornam o crescimento possível e sustentável, o que implica necessariamente em repensar
o conceito da corporação.
Este repensar inicia-se pela gestão estratégica que deve ser prioridade no alto escalão das
organizações e permear todos os níveis para oalcance dos objetivos. Brondani e Barbosa
(2005) afirmam que estratégia é o conjunto de objetivos, finalidades, metas, planos e
diretrizes fundamentais para atingir os objetivos postulados de forma a definir em que
situação a organização se encontra, que tipo de organização ela é ou deseja ser. Os autores
afirmam ainda que, nestas questões, a gestão financeira não pode ser esquecida por tratarde
ações e procedimentos administrativos, envolvendo o planejamento, análise e controle das
atividades financeiras da empresa, visando maximizar os resultados econômicos - financeiros
decorrentes de suas atividades operacionais.
Para Neves e Neves (2002) há relação umbilical entre estratégia e finanças, sendo esta
integração de fundamental importância para o sucesso competitivo de umaorganização, muito
embora a literatura pouco tenha explorado as relações entre as duas esferas de planejamento.
Os autores têm a visão comum de que o principal objetivo de uma estratégia de negócios é
obter retornos no longo prazo e reforçam a afirmativa de que estratégia e finanças são partes
complementares no quebra-cabeça competitivo, sendo ambos conjuntamente imprescindíveis.
Os autores...