Gestão escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1634 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO LIVRO MESTRES DA MUDANÇA : Liderar escolas com a cabeça e o coração MADZA, Ednir et al. Mestres da mudança: liderar escolas com a cabeça e o coração: Porto Alegre: Artmed, 2006. ANDRÉA GONÇALVES - PEDAGOGA

PARTE 1 – CONCEITO DE LIDERANÇA

No conceito de liderança podemos observar no livro que não é possível implementar mudanças de verdade sem mexer nos modelos mentais ou as teoriassubjetivas que compõem a base da prática das pessoas, é impossível resolver problemas usando as mesmas idéias e conceitos que criaram estes problemas. A liderança de uma equipe depende da capacidade do gestor estimular o grupo a abrir e a compartilhar modelos mentais e teorias subjetivas, promovendo esta comunicação é possível determinar os próximos passos sendo possível ter clareza de onde se querchegar, este momento é fundamental para o processo de mudança, dando oportunidade de examinar com um novo olhar antigos conceitos. O bom gestor entende que mudanças na prática não devem ser impostas aos docentes, é necessário que ocorra a mudança no pensar, para ocorrer uma ação inovadora, alguns pontos básicos que devemos considerar no processo de mudança: - As pessoas são os fatores principaisna mudança, não adianta equipamentos ou materiais pedagógicos; - Mudanças levam tempo, não espere de um dia para o outro, as pessoas mudam a maneira de pensar e reflete na ação, é uma jornada de muitas etapas; - As escolas precisam transformar-se em organizações que aprendem , onde existe uma cultura que estimula o diálogo profissional e uma constante reflexão sobre a prática. Ao introduzir umainovação os gestores precisam atuar como líderes educacionais e não como chefes, porque ao agir como chefes acabam desconsiderando o que os docentes pensam, não cria oportunidade de repensar seus conceitos e construir novos conceitos operativos. A liderança tem como destaque duas dimensões, capacidade de criar senso de direção e de traduzir diretrizes, sendo cursos de ação para inspirar atividades emsala de

aula, na escola e comunidade, e construir habilidades, conhecimentos e qualidades pessoais. PARTE II – REPERTÓRIO PRÁTICO

Ganhando visibilidade na instituição é tornar-se mais presente na escola não é só a presença física, é estabelecer a qualidade na interação do gestor com a equipe da escola, é necessário seguir algumas dicas como: planejar sua ação, fazer perguntas que levem aspessoas a pensar, fazendo com que reflitam, comunicar-se de maneira aberta, tornando clara sua forma de pensar, fazer realizado, preservar a relação pessoal. Conhecer a realidade da escola, conversar com docentes, alunos, familiares, procurar sempre ficar atento e dialogar sem formalidades, um café na sala dos professores no horário do intervalo, acompanhar a entrada dos alunos para perceber adinâmica e as pessoas no ambiente escolar, um olhar atento sem se tornar um opressor ou controlador. Atuando como mediador, mostra que todo líder deve saber lidar com os elogios específicos sobre o trabalho

conflitos entre docentes e funcionários da escola, fazer com que as pessoas conversem sobre as suas divergências, ajudá-los a desenvolver uma compreensão do ponto de vista um do outro, para quenão se prejudiquem. Motivando e criando senso de direção, a escola é como um organismo vivo e cada uma das partes e essencial para bom desempenho, para isso professores e

funcionários precisam ter clareza a respeito da finalidade maior de seu trabalho e como a sua prática do cotidiano contribui para um propósito ético. Para e escola é importante que se tenha um sonho, um ideal de excelência aatingir, porque a uma direção a seguir e automaticamente existe uma motivação e a equipe gestora tem a função de definir este sonho coletivo da escola, possibilitando que todos colaborem e se envolvam nesta visão e missão. Todos que atuam na escola precisam ter a clareza da proposta pedagógica, objetivos e metas, que precisam ser expressos de forma sintética para que sejam comunicados direta e...
tracking img