Gestão do conhecimento no ambiente industrial (chão de fábrica)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2019 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

I GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AMBIENTE INDUSTRIAL (CHÃO DE FÁBRICA)...................................................................................................................... 03

1.1 Conceito................................................................................................................... 03
1.2 Introdução.............................................................................................................. 03
1.3 Metodologia Proposta de Gestão do Conhecimento no Piso de Fábrica........................................................................................................................... 05
1.4 Exemplos de metodologias de gestão do conhecimento no chão defábrica............................................................................................................................ 05
1.5 Conclusão............................................................................................................... 08

II REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .......................................................................... 09

I GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AMBIENTE INDUSTRIAL (CHÃO DE FÁBRICA)

1.1 ConceitoConhecimento é uma mistura fluida de experiência condensada, valores, informação contextual e insight experimentado, a qual proporciona uma estrutura para a avaliação e incorporação de novas experiências e informações. Ele tem origem e é aplicado na mente dos conhecedores. Nas organizações, ele costuma estar embutido não só em documentos ou repositórios, mas também em rotinas, processos, práticas e normasorganizacionais.

O conhecimento pode ser explícito ou tácito. O conhecimento explícito pode ser facilmente processado por um computador, transmitido eletronicamente ou armazenado em um banco de dados. No entanto, a natureza subjetiva e intuitiva do conhecimento tácito dificulta o processamento ou a transmissão do conhecimento adquirido por qualquer método sistemático ou lógico. Para que possaser comunicado e compartilhado dentro da organização, o conhecimento tácito deve ser convertido em palavras ou números. É exatamente durante o tempo em que essa conversão ocorre – de tácito em explícito e novamente em tácito – que o conhecimento organizacional é criado.

A gestão do conhecimento no chão de fábrica significa, portanto, organizar e sistematizar, em todos os pontos de contato, acapacidade da empresa de captar, gerar, analisar, utilizar, disseminar e gerenciar a informação, tanto interna e externamente.

1.2 Introdução

Com o processo de reestruturação produtiva das empresas, que ganhou mais força no Brasil a partir dos anos 90, muitas empresas começaram a perceber que o problema estava no chão de fábrica e na mão-de-obra cada vez mais precária. Em lugar do modelotradicional de gestão, onde as pirâmides hierárquicas é que davam as ordens a serem cumpridas, os modernos administradores descobriram que era preciso estimular seus profissionais para que tudo fosse feito com qualidade. E a disseminação do conhecimento origina um canal para se atingir maior competitividade, pois para empresa se perpetuar no mercado, crescer e frutificar ela tem que implantar umagestão com um contexto específico e que atende as todas as pessoas envolvidas no processo produtivo da empresa, inclusive os profissionais ligados diretamente ao processo.

Hoje vivemos diante de um cenário de complexidade, onde fenômenos econômicos e sociais são responsáveis pela reestruturação do ambiente de negócios. A globalização da economia, impulsionada pela tecnologia da informação e pelascomunicações, é uma realidade da qual não se pode escapar. É nesse contexto que a gestão do conhecimento se transforma em um valioso recurso estratégico. No entanto, apenas saber muito sobre alguma coisa não proporciona, por si só, maior poder de competição para uma organização. É quando aliado a sua gestão que ele faz diferença.

Estudos comprovam que profissionais, mesmo com formação menos...
tracking img