Gestão de inovação e tecnologia i

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2313 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO: ADMINISTRAÇÃO




GESTÃO DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA I





PROFESSOR: XXXXXXXXXXXXX








|Alunos do 7ºC - Sala: 621 |Prontuário: |
| | |
| | |


Guarulhos
Março de 2010








|Alunos do 7ºC - Sala:621 |Prontuário: |
| | |




GESTÃO DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA I


INOVAÇÃO E PADRÕS NO COMERCIO EXTERIOR



|Trabalho de Aproveitamento apresentado ao Curso de Graduação em |
|Administração como requisito parcial para aprovação na disciplina de |
|Gestão de Inovação eTecnologia I ministrada pelo professor: |












Guarulhos – 2010


SUMÁRIO

CAPA
CONTRA CAPA
SUMÁRIO
RESUMO
INTRODUÇÃO



























1 RESUMO

O tema escolhido para a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso de Administração foi Comércio Exterior, com ênfase na área de exportação. Neste trabalho,apresentaremos a Inovação na Área de Comercio Exterior, onde visa processo que inclui as atividades técnicas, concepção, desenvolvimento, gestão e que resulta na comercialização de novos (ou melhorados) produtos. Inovação pode ser também definida como fazer mais com menos recursos, por permitir ganhos de eficiência em processos, quer produtivos quer administrativos ou financeiros, quer na prestação deserviços, potenciar e ser motor de competitividade. A inovação quando cria aumentos de competitividade pode ser considerado um fator fundamental no crescimento econômico de uma sociedade. Ao uso interno de uma empresa e não fazer uso ou somente um pequeno uso do conhecimento exterior enquanto refere-se ao processo de usar também fontes e informações externas (como licenças, patentes, etc.), melhorandoa gestão do conhecimento e, entre outros, conhecimento tácito da empresa, com o objetivo de acelerar o processo de inovações.


2. INTRODUÇÃO

A inovação tanto pode ocorrer por meio de uma ação perfeitamente planejada quanto por simples acaso. No entanto, empiricamente verifica-se que poucas inovações brotam do acaso. A maior parte das inovações, em especial as mais bem-sucedidas,resulta de uma busca consciente e intencional de oportunidades para inovar, dentro e fora da empresa. Tipicamente, as inovações podem acontecer pela ocorrência, conjunta ou isolada, de sete principais situações: Em conseqüência de fatos inesperados; incongruências; necessidade; mudanças na indústria ou no mercado; mudanças demográficas; mudanças de percepção; novos conhecimentos.
A inovação éfundamental, pois através dela as organizações tornam-se capazes de gerar riqueza contínua e, assim manterem-se ou tornarem-se competitivas nos seus mercados. Contudo, na maioria dos casos, as empresas usam os concorrentes como base de referência para as suas próprias iniciativas de inovação. Com isso, as estratégias competitivas tendem a ser muito parecidas dentro de um mesmo mercado e apenas aempresa que se afasta do grupo competitivo de empresas, consegue cumprir seu papel de aumento de competitividade e conseqüente geração de riqueza. Para que se crie um ambiente corporativo propício à geração de inovação, é necessário que os líderes das organizações promovam a inovação, sendo que a melhor forma de fazê-lo é trabalhar para que os conceitos e estratégias de inovação sejam assimiladospor todos os colaboradores, clientes e fornecedores. Isso, provavelmente, provocará a "contaminação" da cultura organizacional pelo "vírus" da inovação. A inovação numa empresa ou organização, passível de gerar ou aumentar a competitividade da mesma pode verificar-se a vários níveis, nomeadamente: Produtos e serviços: Desenvolvimento e comercialização de produtos ou serviços novos; Processos:...
tracking img