Geriatria e gerontologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4316 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução



O presente trabalho visa os aspectos éticos e legislativos respeitantes à faixa etária dos idosos.

Neste sentido, achámos importante explorar no Capítulo I e de forma sucinta o conceito de Ética e a sua importância no dia-a-dia, quando lidamos com pessoas, quer seja no trabalho ou na família. Por outro lado, tornou-se necessário introduzir o tema da Terceira Idade, procurandoentender como é visto o processo de envelhecimento na sociedade actual, e os estereótipos a ele associados.

Posto isto, passou-se a uma reflexão e exposição dos problemas éticos e de cidadania, especialmente aqueles com se deparam os profissionais de saúde, nomeadamente de Geriatria.

No Capítulo 2 abordámos os aspectos legislativos, ou seja, a legislação especificamente criada a pensar nosidosos e na melhoria da sua qualidade de vida.

Por fim, e ainda no mesmo Capítulo, destacamos o papel do assistente social como promotor do conhecimento destes programas por parte dos seniores e consequente aplicação prática.

Achamos que este trabalho é absolutamente pertinente, pois permite-nos reflectir acerca do sentido ético e cívico das nossas acções, daquilo que são os nossospreconceitos, e no âmbito do trabalho do Técnico de Serviço Social, da sua prática, sensível a todos estes aspectos, porque lida com Seres Humanos, logo com a dignidade da Vida Humana.













I. Terceira Idade e aspectos éticos concernentes a esta faixa etária




I.1 – Ética: Breve abordagem conceptual

A Ética é a “Ciência que estuda as questõesfilosóficas da moral fundamental” (Dicionário Actual da Língua Portuguesa, 2002, p.415). Ela não deve ser confundida com a própria Moral pois, enquanto que a Ética é uma reflexão acerca do modo de agir dos indivíduos e se limita a aconselhar, deixando a escolha ao livre arbítrio de cada um, a Moral é a aplicação prática desses mesmos conselhos, através de um conjunto de princípios, normas e juízosde valor que vigoram e são aceites pelos indivíduos de uma sociedade. Neste sentido, a Ética envolve o estudo de conceitos como o Bem e o Mal, a Justiça e o Dever, valores universais inerentes a qualquer acção humana.

A Ética não seria necessária se fossemos seres fechados e isolados. Pelo contrário, somos seres abertos ao outro, gregários e colectivos. Posto isto, a Ética teminteresse do ponto de vista de todos e de cada um, da vivência em sociedade.

Se muito são proclamados os direitos de cada ser humano nas sociedades actuais, estes não podem existir sem os respectivos deveres e responsabilidades. Por isso, é necessária a existência de “agires éticos colectivos”, coerentes com esta ideia, nomeadamente no trabalho e nas relações interpessoais, através documprimento de regras colectivas. Por isso, a ética está intimamente relacionada com a protecção dos direitos e a efectivação dos deveres. Por sua vez, a cidadania como conjunto de direitos de que deve dispor todo o cidadão, pressupõe em si os valores éticos, valores estes que se objectivam em virtudes cívicas como a solidariedade, justiça e tolerância

Em suma, a Ética é a ciência quefunda as bases da moralidade ditando princípios fundamentais pelos quais a vontade e o querer dos homens se deve nortear, a fim de nos considerarmos seres livres na posse de uma vontade inteiramente boa. Pode ainda definir-se como um comportamento esclarecido, conselho base para orientação da acção e vida do Homem. A evolução do conceito está intimamente ligada à evolução do Homem, apoiando atrajectória da sua existência e variando ao longo dos tempos, aperfeiçoando-se à medida que o Homem se aperfeiçoa e que a Humanidade se desenvolve (Silva, s.d., p.21).

I.2 – A Terceira Idade perspectivada pela sociedade actual

Numa sociedade cada vez mais envelhecida, fruto de uma baixa taxa de natalidade e de uma crescente esperança média de vida das populações, envelhecimento...
tracking img